Cães vítimas de maus-tratos resgatados pela polícia em Águas Lindas de Goiás

Cães vítimas de maus-tratos resgatados pela polícia em Águas Lindas de Goiás
Um dos 10 cães vítimas de maus-tratos sem água e alimentação em Águas Lindas, Goiás. Foto: Divulgação/PCGO

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Águas Lindas de Goiás, instaurou procedimento para apuração de uma denúncia recebida na Delegacia. Segundo informações do denunciante, alguns cães e outros animais estariam sendo vítimas de fortes atos de abusos e maus-tratos. A ação delituosa estaria sendo praticada por um homem já identificado e que não estava no local e no momento da diligência.

Os policiais civis foram ao local, no bairro Jardim América I, checar a veracidade das informações, e encontraram os animais enjaulados, sem alimentação e machucados.

Assim, foram salvos dos atos ilícitos mencionados e resgatados 11 cães, que foram encaminhados a locais de proteção a animais. A investigação agora segue com a instauração do devido inquérito policial para investigação da conduta do autor do referido crime.

Denúncias de maus tratos a animais podem ser feitas pelo disque-denúncia 197, da Polícia Civil. 

Atualmente, o crime de maus–tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 e a pena previa de três meses a um ano de reclusão, além de multa. A lei sancionada nesta terça-feira (29) também prevê punição a estabelecimentos comerciais e rurais que facilitarem o crime contra animais, segundo a nova legislação sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro

Fonte: Altair Tavares

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.