Câmara de Mossoró (RN) debate superpopulação de animais

A Câmara Municipal de Mossoró realizou, na manhã desta segunda-feira (27), no plenário da Casa Legislativa, debate acerca de ações do controle à superpopulação de animais domésticos e o incentivo à doação.

Com o objetivo de colher proposições para aprimorar um projeto que será apresentado pelo autor da audiência pública, vereador Genivan Vale (PDT), o encontro reuniu representantes de diversas entidades protetoras dos animais e do Centro de Controle de Zoonoses.

Para o vereador Genivan Vale, além da questão social, o controle de reprodução de animais visa assegurar melhorias na saúde pública. “O crescimento da população de animais de rua aumenta o risco de surgimento exponencial de doenças entre esses animais, que não recebem vacinas ou cuidados. Consequentemente, essa ausência de cuidados acarreta na transmissão de várias doenças aos cidadãos”, destaca.

Em um outro momento da audiência, Kleber Jacinto, diretor da ONG Defesa da Natureza e dos Animais (DNA), ressaltou a importância da discussão e da necessidade da população compreender que atentar para a saúde dos animais é cuidar, também, do bem-estar do ser humano.

“Primeiramente, parabéns pelo debate de grande relevância. É preciso que as pessoas se conscientizem que tratar dos animais é cuidar da saúde humana. Impossível não fazer essa relação. A maior parte das enfermidades que afetam os animais também atingem as pessoas, como o Calazar. Se as pessoas não entenderem que precisam tratar dos animais para que pessoas também sejam cuidadas, vamos continuar vendo nos noticiários casos e mais casos de pessoas mortas em decorrência dessa doença”, ressaltou Kleber Jacinto.

Encaminhamentos

Ao final, foi feita uma ata contendo deliberações e sugestões dos convidados, que serão analisadas e, posteriormente, inseridas no projeto de lei do vereador Genivan Vale. O texto, que vem sendo preparado em parceria com entidades protetoras dos animais, veterinários e profissionais que defendem a causa, objetiva reduzir a superpopulação de animais de rua, com medidas de controle à reprodução e o incentivo à adoção de animais, entre outras, a fim de reduzir os índices de abandono e maus-tratos aos animais, bem como proporcionar ações preventivas, visando melhorias na saúde pública.

Participaram da audiência pública os vereadores: Izabel Montenegro (PMDB), Nacízio Silva (PR) e Tomaz Neto (PDT); e também, Cláutia Sheyla, do Adote Mossoró; Kleber Jacinto, Diretor da DNA; Vânia Diógenes, representante da OAB; Irmã Ellen, da Associação dos Protetores dos Animais de Mossoró; Fernanda Matias, da Marcha de Defesa Animal; Danielle Bispo, da Marcha Mossoroense em Defesa Animal; Gleice Carla Barbosa – diretora do Centro Modelo de Ajuda Animal e Ednaide Menezes, veterinária do Centro de Controle de Zoonoses.

Fonte: De Fato

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.