Câmara vota projeto que proíbe o uso de veículos puxados por animais em Franca, SP

Câmara vota projeto que proíbe o uso de veículos puxados por animais em Franca, SP
Todos os projetos são de autoria dos próprios vereadores. Foto: Jornal Verdade

Quatro projetos que beneficiam a causa animal serão votados na próxima terça-feira (16), em Franca, eles são de autoria da vereadora Lindsay Cardoso (Cidadania).

Um dos projetos revê a implantação do Programa de Adoção de Animais. Ele consiste na criação de um portal no site da Prefeitura que divulgue cães e gatos disponíveis para adoção. Dessa forma, a busca por um bicho de estimação é facilitada.

Em coautoria com o parlamentar Ilton Ferreira, cria outro programa, o de Substituição Gradativa dos Veículos de Tração Animal. A iniciativa proíbe a utilização de veículos de tração animal definitivamente em Franca no prazo de cinco anos.

Já o Projeto de Lei (PL) nº 09/2021 dispõe sobre o ressarcimento de despesas com o tratamento de animais vítimas de maus tratos na cidade. De acordo com a proposta, o munícipe que cometer maus tratos a animais, ocasionando gastos médicos no Canil Municipal, deverá indenizar o Poder Executivo.

Quanto ao PLC nº 18/2021, elaborado juntamente com o vereador Gilson Pelizaro (PT), ele proíbe completamente o manuseio, utilização, queima e soltura de artefatos de efeito ruidoso, como fogos de artifício com estampido. Durante a reunião das comissões permanentes da Câmara, Lindsay e Gilson decidiram realizar algumas alterações no projeto até terça-feira. A vereadora comentou a importância das proposituras:

“São projetos que vão ajudar muito a causa animal. O de substituição dos veículos de tração foi feito porque os cavalos que puxam carroça são muito maltratados e tem que transportar pesos excessivos. Já o Programa de Adoção de Animais foi pensado para que as pessoas não fiquem só esperando as feirinhas para elas poderem adotar um bichinho. E pensamos no projeto de ressarcimento de despesas ocasionadas por maus tratos porque o dono que agride seus animais é responsável por eles. Ele não zelou, não cuidou, e esse tipo de prática precisa ser banida na nossa cidade. As pessoas têm que ter consciência de que devem cuidar bem dos seus animais”.

Por Fernando Calixto 

Fonte: Verdade ON


Nota do Olhar Animal: Inexplicável um prazo tão grande para por fim à tortura a que são submetidos os animais explorados para tração. Com vontade política, algumas semanas seriam suficientes para fazer valer a proibição.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.