Câmera flagra homem chutando gato na porta de casa e abala família: ‘nunca vimos tanta maldade’

Câmera flagra homem chutando gato na porta de casa e abala família: ‘nunca vimos tanta maldade’
Homem chuta gato na porta de casa em Palmas — Foto: Reprodução

Um homem chutou um gatinho na noite deste sábado (20) na frente de casa na ARSE 13, antiga quadra 108 sul, em Palmas, TO. Uma câmera de segurança registrou o momento. Pelas imagens, é possível ver um homem passeando com um cachorro e o gato deitado na calçada. O cachorro se estranha com o gato, que se assusta. O homem, então, chuta o gatinho, que bate no portão. O homem continua andando e vira a esquina.

VÍDEO: Homem chuta gato enquanto passeava com cachorro em Palmas

Com o barulho, a família foi até a porta de casa para ver o que tinha acontecido e socorrer o animal. A família registrou boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (22) e o caso está sob investigação.

O gatinho chama Pichungo e tem 15 anos. Segundo a família, ele é muito dócil e conhecido na vizinhança. “A gente mora aqui há muitos anos e toda a vizinhança conhece ele. Às vezes a gente solta ele um pouquinho para dar uma volta na calçada. Nesse dia, ele deitou na calçada e ficou. Nossa cozinha e a sala são bem próximas do portão, então a gente escuta tudo e foi um baita de um susto. A gente achou que estava derrubando o portão, pelo barulho. Foi quando nos atentamos que alguém poderia ter machucado o gato”, relata a filha da tutora, a pedagoga Leonilia de Souza Nunes Gomes.

Ela conta que Pichungo até saiu da calçada por causa do susto. “Abrimos o portão e não vimos nada, até o gato tinha desaparecido. Nós saímos procurando o gato, viramos esquina e tudo. Corri pras câmeras, olhei, vi horário, tudo certinho. Foi quando nos deparamos com aquelas imagens horríveis”, conta Leonília.

Pichungo com a tutora, Maria Cecília — Foto: Arquivo pessoal
Pichungo com a tutora, Maria Cecília — Foto: Arquivo pessoal

O gato apresenta algumas características da idade avançada, o que preocupa a família. “Ele não se alimentou bem nem ontem nem hoje e aí levamos ao veterinário. Ele vai passar uma ultrassonografia para ver como está a parte interna dele também”, comenta a pedagoga.

O caso comoveu toda a família. “Desde a nossa infância, nós queríamos animais. Nós aprendemos a cuidar e respeitar os animais e a gente ver uma situação dessa foi descabível demais. Minha mãe, que é a dona do gato, que está mais abalada, até agora não conseguiu ver as imagens”, finaliza Leonília.

Crime

A família registrou boletim de ocorrência e o caso está sendo investigado para identificar o suspeito. Maus-tratos, abuso e violência contra animais são crimes previstos por lei. A pena para quem praticar o crime contra cães ou gatos é de multa, que varia de um a 40 salários mínimos por animal, até a prisão, de dois a cinco anos.

Segundo caso

Este é o segundo caso de agressão a animais registrado por câmeras de segurança. No domingo (21), por volta das 22h, um homem chutou um gatinho que estava deitado no chão da rodoviária de Colinas do Tocantins.

VÍDEO: Homem chuta gato dentro da rodoviária de Colinas do Tocantins

Pelas imagens, é possível ver que o homem desvia do gato na primeira vez que ele passa pelo animal e, logo depois, volta e dá um chute no bicho. O gato se assustou e saiu correndo e o homem foi embora como se nada tivesse acontecido.

A Polícia Civil instaurou um inquérito policial para apurar o crime. Se identificado, o suspeito pode ser enquadrado na lei de maus-tratos contra cães e gatos. A Polícia Militar disse que não foi acionada, mas que estão fazendo diligências pela região para capturar o autor da agressão.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.