Caminhoneiro ‘matador de cachorros’ é preso na fronteira após atirar em animal

Caminhoneiro ‘matador de cachorros’ é preso na fronteira após atirar em animal

Um caminhoneiro de 56 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (28), após atirar contra um cachorro no bairro San Blas, em Pedro Juan Caballero, fronteira do Paraguai com o Brasil, através da cidade de Ponta Porã – distante 346 de Campo Grande. O site Porã News afirma que ele é vizinho da dona do animal, que acionou a polícia.

Outras pessoas que vivem na região, de acordo com o site, acusam o caminhoneiro de matar outros animais. Os cachorros, de acordo com o site, seriam mortos ao entrarem no quintal do homem. Além das acusações, o site afirma que ele estaria envolvido em um acidente de trânsito que culminou na morte de duas mulheres no dia 26 de dezembro.

Araceli Rocio Alcaraz, 19 e Ana Villalba, 44 – que estava grávida de sete meses – estavam em uma motocicleta e ao chegarem no cruzamento com Avenida Cerro Leon da cidade paraguaia, teriam avançado o sinal de pare. As duas foram atropeladas por um caminhão Mercedes Benz, cor azul, placa ASY 649, de acordo com o site. O site afirma que o caminhoneiro em questão conduzia o veículo.

Fonte: Midiamax 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.