Campanha quer dinheiro para cirurgia de gato vítima de bala perdida no AP

Campanha quer dinheiro para cirurgia de gato vítima de bala perdida no AP
Bala de pistola foi retirada da face do gato Romeu (Foto: Victor Hugo Fernandes/Arquivo Pessoal)

Uma campanha nas redes sociais quer levantar recursos para custear a cirurgia facial do gato ‘Romeu’, de 2 anos, vítima de uma bala perdida durante um tiroteio na quarta-feira (22), na Zona Norte de Macapá. O tiro de pistola atingiu a face do animal e arrancou a mandíbula, partes do nariz e da língua, deixando o felino sem condições de comer e beber água.

O resgate e internação do Romeu foram feitos pela ONG Unidade de Proteção ao Animal “Costelinha”, que encaminhou o gato para uma clínica. De acordo com o presidente da entidade, Victor Hugo Fernandes, é necessário arrecadar R$ 2,3 mil para a realização da cirurgia reparadora, que, segundo ele, precisa ser feita em até quatro dias.

Campanha quer dinheiro para cirurgia de gato vítima de bala perdida no AP
Pedido da ONG mobiliza internautas para custear cirurgia de gato (Foto: John Pacheco/G1)

“A dona do gato fez o pedido na internet. A troca de tiros aconteceu na rua em frente a uma empresa de segurança e o gato estava fora de casa. Encontramos a dona e fizemos o resgate do animal, que perdeu muito sangue e está internado. Teve muitos ossos da face fraturados e vai precisar colocar platina na face e fazer enxerto de pele na face”, detalhou Fernandes.

O estado do animal é considerado grave e Romeu só consegue se alimentar através de sonda, já que o tiro impede que ele mastigue ou faça a deglutição da comida. “A cirurgia tem que ser feita o mais rápido possível porque aumentam as chances de recuperação”, completou.

Até as 15h desta quinta-feira (23), a publicação havia sido compartilhada quase 200 vezes. A doação para o procedimento pode ser feita via depósito bancário ou ser entregue na clínica Petzee, localizada na Avenida Mendonça Júnior, número 2191, no bairro Central.

Assalto com bala perdida

A troca de tiros que acabou atingindo o gato aconteceu na madrugada de quarta-feira no bairro Renascer, na Zona Norte de Macapá. Três suspeitos de tentar assaltar uma empresa de vigilância morreram ao tentar atirar em policiais militares, que revidaram às agressões.

Por John Pacheco

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.