Campanha quer proibir fogos de estampido e poupar animais de sofrimento

Campanha quer proibir fogos de estampido e poupar animais de sofrimento
Valquiria Rocha Antunes da Silva com Mel e Cleo: barulho dos fogos incomoda animais (FOTO: BEATRIZ ZAMBONATO SANTOS)

A Associação Protetora dos Animais de Jaú (Apaja) lançou, nesta semana, a campanha Jaú Sem Fogos. A iniciativa, que consiste em conscientizar a população para que fogos de estampido não sejam usados nas festas deste fim de ano para não incomodar os animais, foi divulgada nas redes sociais e recebeu elogios de dezenas de internautas.Os cães sofrem bastante com o barulho causado por rojões e outros fogos de estampido, pois esse tipo de comemoração desencadeia medo e ansiedade no animal.

Um dos ativistas envolvidos na campanha é Guto Machado, voluntário da Apaja que foi eleito vereador de Jaú pelo PHS na eleição de 2016. Segundo ele, há diversos relatos na cidade de reações agressivas ou perigosas de cachorros por conta do barulho em celebrações. Crianças e idosos também podem se incomodar.

Alguns municípios brasileiros se comprometeram a fazer as festas de fim de ano sem fogos que fazem barulho. Outros, até aprovaram leis que proíbem ou restringem os fogos de estampido.

Por isso, a ideia de Machado é, nos próximos dias, coletar assinaturas em prol da campanha Jaú Sem Fogos. Assim, na próxima legislatura, projeto de iniciativa popular com este enfoque poderia ser apresentado na Câmara.

“Este movimento está acontecendo em várias cidades do País. Não temos nada contra os fogos de artifício, que deixam o ambiente mais bonito e colorido, mas não é necessário aquele estardalhaço”, comenta Machado.

Mercado

A campanha de conscientização sobre rojões e uma eventual lei municipal que regularize os fogos de estampido não devem ter impacto negativo no comércio do setor. Isso porque cerca de 90% das vendas já são de itens que não fazem barulho, mas apenas emitem luzes coloridas, segundo o proprietário da loja Fogos Só Festa, Claudenir Benedito Buck.
“Os fogos que não fazem barulho são de 5% a 10% mais caros, mas são os mais vendidos. Então, acredito que não haverá problema”, diz Buck sobre a campanha da Apaja. “Eu também não sou a favor de muito barulho”, opina.


Nota do Olhar Animal: Os fogos sem estampido, de efeito apenas luminoso, também causam danos por serem altamente poluentes.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.