Campinas (SP) inicia planejamento para castrar as capivaras que vivem em parques públicos

Campinas (SP) inicia planejamento para castrar as capivaras que vivem em parques públicos
Capivaras serão castradas, segundo Prefeitura — Foto: Reprodução/EPTV

Campinas (SP) iniciou o planejamento para castrar as capivaras que vivem em parques públicos da cidade. O objetivo da administração municipal é evitar casos de febre maculosa, uma vez que os animais são hospedeiros do carrapato-estrela, responsável por transmitir a doença.

VÍDEO: Prefeitura de Campinas decidiu castrar todas as capivaras de parques públicos

Nesta primeira etapa, os animais são atraídos para um cercado por meio de alimentos. Depois disso, veterinários devem ir ao local para realizarem os procedimentos. “Dois vão vir fazer a castração dos machos e fêmeas, chipar esses animais. Para que depois disso a gente continue fazendo o monitoramento desses animais”, explica o diretor de Parques e Jardins, Luís Mollo.

O que será feito?

O plano da Prefeitura ainda contempla medidas para diminuir a entrada dos animais nos parques. “A gente vai fechar possíveis entradas de capivaras. São galerias, os tubos que ligam o Lago do Café, a Lagoa [do Taquaral], para que não entre mais. Caso ocorra de entrar, a gente tem o acompanhamento e faz a mesma coisa, a captura e a castração”, destaca o diretor.

A técnica de enfermagem Mirella Alves conta que evita o Parque Ecológico, após ter pego um carrapato na área. Além disso, afirma que faltam avisos na área sobre o risco da febre maculosa.

“Antes tinham mais plaquinhas avisando para não se aproximar do lago porque tinha risco de carrapato. Hoje, não tem tanta informação”, critica.

A Prefeitura informou que está prevista compra de novas placas para o Parque Ecológico. Sobre a proximidade dos animais com o parquinho onde as crianças brincam, recomendou que os pais que mantenham as crianças afastadas da área da grama e usem o acesso pela pista de caminhada.

Animais ficam perto dos lagos em parques públicos — Foto: Reprodução/EPTV
Animais ficam perto dos lagos em parques públicos — Foto: Reprodução/EPTV

Fonte: G1

Manejo não letal de capivaras

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.