Canadá: Nova Escócia proíbe retirada de garras de gatos, corte de orelhas, desvocalização e o corte parcial da cauda!

Canadá: Nova Escócia proíbe retirada de garras de gatos, corte de orelhas, desvocalização e o corte parcial da cauda!
Foto: Andrea Natali / Unsplash

Vitória! A Nova Escócia fez história no início deste mês ao aprovar a nova legislação de proteção animal que acabará com a retirada das garras de gatos, além de muitas outras práticas cruéis!

Esta nova lei torna a retirada das garras dos gatos ilegal, tanto para os tutores de animais quanto para os veterinários. Quem quer que a pratique, pode pegar prisão de até seis meses, junto com uma multa de US$ 25.000 pela primeira infração. E isso não é tudo! Esta legislação também significa que o corte parcial da cauda, corte de orelhas, a desvocalização de cães, e qualquer outra prática que seja simplesmente para a aparência estética de um animal foi proibida. Essas punições estão em vigor para qualquer pessoa que acredite que precisa deixar seu animal de estimação mais bonito esteticamente ou deseje proteger seu mobiliário, e não poderíamos estar mais contentes em ouvir isso!

Inspetores do bem-estar animal da província na Nova Escócia terão também reforço de autoridade para inspecionar o lugar onde um animal esteja, bem como o direito de exigir para ver quaisquer animais presentes de modo que os policiais possam examinar seu bem-estar. Esta é uma notícia incrível. Apesar do crescimento da repulsa do público em geral por essas preferências estéticas humanas para com nossos animais de estimação, existem ainda “padrões de raças” publicados pelo Canadian Kennel Club que no fundo dizem aos proprietários que pedaços de seus animais de estimação devam ser cortados!

Então, por que essas melhorias estéticas para nossos adoráveis animais de estimação são tão errôneas? Bem, faça a sua escolha!  Arrancar as garras dos gatos é quase como cortar os dedos deles, deixando-os agoniados, estressados e até propensos a morder. O corte das orelhas deixa os cachorros vulneráveis a infecções. O corte parcial da cauda é tão bárbaro quanto enrolar elásticos ao redor da cauda de um filhote para cortar a circulação do sangue, de modo que a ponta dele caia. Nenhuma dessas coisas traz algum benefício para os animais. Esses animais já são lindos e não estão aqui para ficarem apenas bonitos para nós!

A Nova Escócia se une à Colúmbia Britânica na proibição da retirada de garras dos gatos, e esperamos que isso inspire outras províncias e estados a fazerem o mesmo. A única cirurgia pela qual um animal de estimação deveria passar é para a sua própria segurança e saúde. Que direito nós humanos temos de ordenar a aparência deles?

Por Kelly Wang / Tradução de Aline Alves de Amorim

Fonte: One Green Planet


Nota do Olhar Animal: A mutilação por razões estéticas é proibida no Brasil desde 1934, pelo Decreto-lei 24645. Pouco tempo atrás, o CFMV, que sempre fez vistas grossas para a prática, baixou resolução “proibindo” o que já era proibido.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.