Canadenses adotam mais de 100 cães em Cancún, no México

Canadenses adotam mais de 100 cães em Cancún, no México

No processo de adoção, as partes interessadas devem concordar com a organização civil.

O Canadá tornou-se a esperança para cães resgatados das ruas de Cancún, México, com mais de 100 animais de estimação adotados pelos cidadãos daquele país, apenas neste ano.

Evelyne Gerarult, presidente da Asociación Renacer Contigo, explicou que as restrições à venda e reprodução de cães em alguns estados do Canadá causaram um déficit de animais de estimação, de modo que seus habitantes enxergaram em Cancún uma opção para conseguir um.

A protetora de animais explicou que, em julho passado, até 10 cães por semana viajaram ao país do norte para começar uma nova vida dentro de um lar, depois de passarem por maus-tratos e fome nas ruas.

“Há um protocolo a seguir, os cães são entregues em bom estado de saúde, são submetidos a exames biométricos e de sangue, também são castrados, vacinados e examinados por veterinários, para que possam passar pela alfândega”, afirmou Evelyne Gerarult, que também lamentou que a adoção de cães de Cancun ainda esteja engatinhando.

No processo de adoção, os interessados devem concordar com a organização civil, para que realizem um estudo visual por meio de vídeos e fotografias, a fim de verificarem que o animal está em boas condições.

Feita a aprovação, os animais de estimação são levados por algum cidadão canadense que esteja de férias em Cancun. Uma vez que o cão chega ao Canadá, é registrado por seu novo tutor perante as autoridades daquele país.

O caso mais recente foi um cão resgatado da casa de seu tutor, em março passado, depois que os vizinhos relataram o caso de maus-tratos. Após seis meses de reabilitação, ele viajou para o Canadá e agora se chama Bamboo. Gabriel Lopez, diretor de Proteção e Bem-Estar Animal, comentou que não há um censo de animais de estimação em situação de rua, embora tenha afirmado que não notaram um aumento.

Por Eva Murillo, SIPSE / Tradução de Flavia Luchetti

Fonte: SIPSE


Nota do Olhar Animal: Ótimo que existam restrições no Canadá, animais não são objetos para serem comprados e vendidos. E melhor ainda que animais resgatados encontrem lares.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.