Cão desaparece após ser deixado em hotel para pets em Jundiaí, SP: ‘Desesperados’, diz tutora

Cão desaparece após ser deixado em hotel para pets em Jundiaí, SP: ‘Desesperados’, diz tutora
Sombra está desaparecido desde o dia 15 de setembro em Jundiaí — Foto: Arquivo pessoal

Os tutores de um cão da raça cane corso procuram pelo animal, que tem o nome de Sombra, e desapareceu no dia 15 de setembro, após ser deixado em um hotel localizado no Jardim Santa Gertrudes, em Jundiaí (SP). Este é o segundo animal que desaparece depois de ser deixado no local.

A tutora de Sombra, Adriana Rodrigues de Andrade, procurou o Hotel FeliciDog Pet porque ia viajar para o exterior e não podia levar o cão, que é de porte grande. Ela também é tutora de outros dois gatos. “Nós procuramos deixá-los em lugares confortáveis para que não corressem nenhum risco”, explica.

Adriana deixou Sombra no hotel em 14 de setembro, mas o animal desapareceu no dia seguinte. “Ele é um cachorro assustado, é grande, mas é um cachorro assustado com pessoas que ele não conhece”, conta.

A família registrou um boletim de ocorrência e o caso é investigado pelo 6º DP de Jundiaí. Conforme o documento, o caminho até a baia onde Sombra se instalou conta com três portões, que ficam trancados. Pouco mais de 14 horas após a instalação do animal, no entanto, o estabelecimento ligou para a família para informar que o cão havia fugido do local.

“Naquele momento em diante, a gente não teve mais vida. Estamos desesperados aqui. Não estou no Brasil, não consigo nem falar, porque não tem mais graça [a viagem], é muita preocupação”, desabafa Adriana.

Adriana publicou um vídeo emocionada nas redes sociais pedindo ajuda para encontrar seu cão — Foto: Reprodução
Adriana publicou um vídeo emocionada nas redes sociais pedindo ajuda para encontrar seu cão — Foto: Reprodução

Ainda conforme o documento, o hotel possui muros altos e câmeras de segurança. A família solicitou as imagens para o hotel, que informou, na manhã desta quarta-feira (20), que disponibilizará assim que possível.

A família conta com a ajuda de amigos e do adestrador de Sombra, que realizam buscas pela região para encontrar o animal.

O g1 tentou contato com o Hotel FeliciDog Pet por telefone, e-mail e por WhatsApp pedindo um posicionamento a respeito do caso e para saber se o estabelecimento presta algum tipo de apoio à família, mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem.

Segundo caso no mesmo hotel

Casal fez buscas por cadela que sumiu ao ser deixada em hotel para pets — Foto: Arquivo pessoal
Casal fez buscas por cadela que sumiu ao ser deixada em hotel para pets — Foto: Arquivo pessoal

Em outubro de 2020, o desaparecimento da cadela Kyra, da raça american bully, mobilizou moradores da região. Kyra desapareceu após ser deixada no mesmo hotel que Sombra e nunca mais foi encontrada.

Segundo Elaine Passarin, tutora de Kyra, a família também registrou um boletim de ocorrência. Na época, ela foi informada pelo dono do hotel de que a cadela teria escapado e fugido durante um assalto.

“O dono disse que saiu à noite e contou que, quando voltou, chegaram dois assaltantes e enquadraram ele no portão e, nesse momento do assalto, a Kyra teria escapado. Ele só avisou no dia seguinte sobre o que aconteceu. Passamos o Dia das Crianças procurando ela, é como uma filha. Nas imagens das câmeras de segurança não mostra nada do que ele [dono do hotel] nos contou”, explicou.

Kyra já estava acostumada a ficar no hotel em que Elaine e o marido, Ricardo Trentino, a deixavam, no bairro Jardim Santa Gertrudes.

O caso gerou comoção na cidade e nas redes sociais, com quase dois mil compartilhamentos sobre o desaparecimento. Dias após o caso, moradores fizeram uma manifestação em frente ao hotel onde Kyra sumiu.

Moradores fizeram uma manifestação em frente ao hotel onde Kyra ficou — Foto: Arquivo pessoal
Moradores fizeram uma manifestação em frente ao hotel onde Kyra ficou — Foto: Arquivo pessoal

Por Gabriela Almeida

Fonte: g1