Cão desnutrido é resgatado após ser abandonado em residência no AM

Cão desnutrido é resgatado após ser abandonado em residência no AM

Outro cachorro abandonado foi encontrado morto no mesmo local, diz ONG. Animal resgatado corre risco de ter uma pata amputada por conta de infecção.

Por Diego Toledano

AM Manaus cach2324Um cachorro de raça Fila foi resgatado de uma casa abandonada no final da noite da segunda-feira (1º) no bairro Parque 10, na Zona Centro-Sul de Manaus. Segundo a presidente da Organização Não Governamental (ONG) ComPaixão Animal, Jaqueline Canizo, o cachorro corre risco de perder uma das patas por conta de graves ferimentos infeccionados. Na mesma casa, outro cão abandonado foi encontrado morto. O Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM) ajudou no resgate.

Em entrevista ao G1, a responsável pela ONG contou que recebeu a denúncia de vizinhos da casa em que o animal estava, localizada na Rua G do Conjunto Shangrilá 2, no Parque 10. “Eles entraram em contato conosco depois que ouviram os choros e latidos do animal. Um deles chegou a pular o muro para ver o que estava acontecendo. Quando ele chegou no local, viu o Fila completamente desnutrido e um Pincher morto devido às más condições”, disse.

Jaqueline afirmou que vizinhos contaram à ONG que o proprietário da casa em que os animais se encontravam se mudou há cerca de três meses e deixou os cachorros para trás. “Ele estava completamente desnutrido e desidratado; não consegue nem ficar em pé. Além disso, está com uma bicheira em uma das patas, com larvas e infecção”, relatou.

O animal foi levado a uma clínica veterinária 24 horas logo após o resgate, onde permanece internado desde então. O animal tem recebido nutrientes via soro, já que não consegue comer, segundo Jaqueline. “Ele está tomando muito soro para ver se reage e fica mais forte. Ele está bem debilitado, e pode até perder a pata que está machucada. Nesta terça, o veterinário responsável afirmou que ele tem chances sim de ficar bem”, explicou. A ONG informou ainda que, quem tiver interesse em ajudar a pagar o tratamento do animal, pode contatar a clínica no telefone (92) 3238-3926.

Jaqueline relatou que este é o segundo caso atendido pela ONG neste ano no mesmo bairro. Segundo ela, uma denúncia foi feita na Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). A presidente da organização informou que o dono do terreno em que os animais se encontravam, identificado até agora somente pelo primeiro nome, será procurado para que o processo seja concluído. “Ninguém é obrigado a gostar ou ter animais – não julgo quem não gosta. Mas não dá pra entender pessoas que pagam caro por animais de raça – ou adotam vira-latas – e abandonam os animais como se fossem objetos”, desabafou.

Ela destacou ainda que qualquer pessoa que saiba de um animal abandonado em propriedade privada pode socorrer o bicho – sem o auxílio de uma ONG. “As pessoas entram em contato conosco porque elas sabem que somos experientes, mas a lei ampara quem entra em um local privado com o objetivo de salvar uma vida”, disse.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.