Cachorro foi abandonado e encontrado morto em apartamento de Praia Grande, SP — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Cão é abandonado e morre de fome em apartamento em SP: ‘Pote estava vazio’

Um filhote de cachorro foi encontrado morto em um apartamento em Praia Grande, no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada ao G1 nesta quarta-feira (3) por um dos responsáveis pela administração do prédio. De acordo com ele, o animal estava preso em um cômodo do local e a tutora havia abandonado o animal há cerca de duas semanas.

O prédio residencial em que o cachorro foi abandonado é localizado na região da Cidade Ocian. Segundo relata um dos responsáveis pelo edifício, que preferiu não se identificar, a dona do animal tem cerca de 21 anos e vivia no imóvel alugado.

“Já tem um tempo que ela não aparece no prédio, cerca de duas semanas. Moradores sentiram um cheiro forte e perceberam muitas baratas no corredor. Contatamos a Polícia Militar, que informou haver um cachorro morto na lavanderia e que o apartamento estava todo revirado”, relata.

De acordo com um dos administradores do prédio, animal morreu de fome em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau
De acordo com um dos administradores do prédio, animal morreu de fome em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

O G1 apurou que o cachorro estava preso entre a lavanderia e uma cômoda. O móvel não permitia que o animal chegasse aos outros cômodos do apartamento. “O pote de comida dele estava vazio, mas havia um saco de ração cheio na sala, porém não tinha como ele ir até o local. Morreu de fome”, explica o administrador.

Ainda, de acordo com ele, o porteiro informou que a mulher esteve no prédio há cerca de 20 dias para pegar alguns pertences. “Nas redes sociais ela fez postagens há dois dias. No apartamento está tudo em decomposição, uma bagunça. Triste essa situação. Muito cruel fazer isso com o animal”, finaliza.

Conforme apurado pelo G1, a proprietária do apartamento alugado esteve no local e foi até a Delegacia de Polícia para registro de boletim de ocorrência, porém foi orientada pelos policiais de que não seria necessário.

Polícia Militar e Equipe da Zoonoses estiveram no local — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau
Polícia Militar e Equipe da Zoonoses estiveram no local — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.