Cão fica com faca cravada após ser golpeado, em Tubarão, SC

Cão fica com faca cravada após ser golpeado, em Tubarão, SC

Há cerca de 15 dias, veterinários da MCA Medical Vet, de Tubarão, no Sul do Estado, receberam um cãozinho que foi esfaqueado na região lombar.

O local onde a faca foi cravada indica que a pessoa que cometeu o crime sabia onde e como queria ferir o animal: a perfuração estava entre pele, músculo e coluna lombar, e tinha cerca de 6 centímetros.

A lâmina atingiu exatamente no meio da coluna do cãozinho, ficou posicionada em cima da vértebra e por sorte não atingiu a medula. O animal foi sedado e levado para a cirurgia.

“A faca estava muito firme e não consegui fazer a remoção sozinha, precisei de um auxiliar para remover. Só conseguimos tirar porque um dos veterinários subiu em uma cadeira e conseguiu tracionar a faca enquanto outras pessoas seguravam o cão sobre a mesa”, disse a veterinária Carina Freccia.

Recuperação e busca por um lar adotivo

Duas horas após a cirurgia, o cãozinho já estava de pé e ativo. Comeu bastante e mostrou que estava bem. A veterinária continuou o tratamento pós-operatório na clínica. Dez dias depois, o cachorro tirou os pontos, 15 dias depois foi castrado e hoje está com as vacinas em dia.

De acordo com Carina, o animal já se recuperou e não ficou com sequela. Agora ele está na casa da família dela, esperando um lar adotivo permanente.

No Instagram da clínica tem uma publicação bem divertida sobre a história do cãozinho e um pedido para ser adotado:

“Eu não tenho nome ainda, mas pode me chamar de sorte sua. Já conheci gente muito má que me machucou, mas mesmo assim continuei acreditando nos humanos, porque teve humano que me ajudou, cuidou de mim. Aqui na MCA meus amigões curaram meu machucadinho, deixaram minhas vacinas em dia e até me castraram pra eu não brigar por essas cachorras que querem só um lance. Sou moço de respeito, e agora quero ser mocinho de família”, diz uma parte da publicação. Para ler na íntegra clique aqui.

Colaboração

“Pedimos a colaboração de quem puder ajudar a encontrar um lar para ele. É um cão de porte grande, dócil e brincalhão”, caracterizou Carine.

Quem tiver interesse em adotá-lo, pode mandar uma mensagem para o WhatsApp da clínica ou entrar em contato pelo Instagram.

Fonte: Notisul via OCP News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.