Cão passa a maior parte do dia preso num porão em Nova Iorque, EUA

Por Christian Cotroneo / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Max fica muito feliz quando alguém o visita. Afinal de contas, é preciso um esforço especial para encontrar onde ele mora. “Seu tutor se mudou do prédio de seis andares em Nova Iorque na semana passada – e deixou o cachorro mestiço de Bulldog Americano de um ano de idade no porão”.

Não exatamento no porão, mas após uma ida de elevador até o nível mais baixo, virar à esquerda para um corredor de concreto e, então, olhando à esquerda de novo e, finalmente, atrás de uma grande porta de metal.

(Não ande muito. Você vai acabar do lado de fora, onde ficam as lixeiras).

EUA novayork poraomax 2

Mas se você o encontrar, Max é um anfitrião muito entusiasmado – um pacote de pulos, lambidas e gratidão.

E se você o levar para cima para uma brincadeira ao sol, Maxi irá te dar seu sorriso mais brilhante.

EUA novayork poraomax 3

Pelos últimos dias, é exatamente isso que Tamir Shmerling, que mora no prédio, está fazendo. Após o antigo tutor de Max ter se mudado, Shmerling vem tentando ajudar o cachorro ao levar comida e água para ele, e o levando para tantos passeios no mundo da superfície quantos ele consegue.

Mas Shmerling não consegue fazer isso sozinho. No fim do dia, Max é levado de volta para o porão (no final do corredor, à esquerda, à esquerda, atrás da porta de metal) onde ele espera por seu próximo visitante.

Shmerling fez seu apelo no Facebook, esperando que alguém possa fazer algo – um resgate, um adotante, qualquer um que possa retirar esse cão das profundezas.

Ele diz que seu trabalho o impede de adotar Max. E o tempo está acabando para o lar temporário do cão.

“O relógio está correndo”, Shmerling diz ao The Dodo. “Os vizinhos estão ficando irritados”.

Você acha que pode dar um lar para Max – com muito sol?

ATUALIZAÇÃO

Max foi resgatado! Levou somente um dia para os leitores compartilharem seu sofrimento na mídia social antes de uma organização de resgate chegar e levar o cachorro aos seus cuidados.

Você pode ler sobre o resgate de Max aqui. E confira o vídeo abaixo:

Fonte: The Dodo

MAIS NOTICIAS

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.