Cão que esperava há 8 meses pelo tutor em Balneário Camboriú é levado do hospital onde vivia

Cão que esperava há 8 meses pelo tutor em Balneário Camboriú é levado do hospital onde vivia

Por Dagmara Spautz

Negão, o vira-latas que há oito meses aguardava no pátio do Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, a volta do tutor, que morreu horas depois de ser internado, foi levado no fim da manhã desta sexta-feira _ um dia depois de sua história ter vindo a público.

No hospital, o clima é de consternação. Negão já havia sido entregue para a adoção duas vezes, mas fugiu e voltou ao Ruth Cardoso. Quando foi castrado, por exemplo, precisou ser devolvido antes do prazo previsto porque estava muito triste. O temor do pessoal que cuida do cão é que, sem acesso ao Ruth Cardoso, onde ele espera rever o tutor, o cachorrinho morra de tristeza.

A diretora de serviços de apoio do hospital, Giselle Bianchi, diz que a situação foi presenciada pelo familiar de um paciente. Segundo ele, um homem em um carro prata chegou às 10h50min, acompanhado de outros dois cãezinhos, e deixou que Negão se aproximasse. Depois levou os dois cachorros para o carro e deu uma volta no entorno do hospital. Ele apareceu novamente, desta vez sozinho, pegou Negão no colo e o levou para o carro.

O homem que viu o que ocorreu conseguiu fotografar a placa do carro e a imagem foi encaminhada à Polícia Militar.

Os funcionários do hospital fazem um apelo para que o Negão seja devolvido.

Fonte: Diário Catarinense

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.