Cão que morreu espancado pelo tutor ganha estátua e vira símbolo na luta contra os maus-tratos em Jacareí, SP

Cão que morreu espancado pelo tutor ganha estátua e vira símbolo na luta contra os maus-tratos em Jacareí, SP
As cinzas de Billy estão no monumento. -Reprodução

O cão que morreu após ser espancado e enterrado vivo pelo tutor em Jacareí no ano passado agora tem uma estátua em sua homenagem e virou símbolo na luta contra os maus-tratos aos animais. No monumento, além de uma placa e de uma escultura, também foram enterradas as cinzas do dálmata. O caso de Billy também ajudou na criação de leis que coíbem os maus-tratos contra animais.

O caso de Billy aconteceu no dia 16 de abril de 2019, no bairro Bandeira Branca, em Jacareí. Dois homens foram detidos acusados de terem espancado e enterrado o cachorro vivo em um terreno baldio no bairro, um deles era o dono do animal. A polícia chegou até a dupla após uma denúncia de uma testemunha que viu Billy ser agredido e enterrado.

Na delegacia, os dois teriam afirmado que Billy estava doente e velho – 12 anos na época – e que não sabiam o que fazer com ele. Eles teriam dito ainda que enterraram o animal para que ele não sofresse.

Billy foi resgatado em estado grave, mas com vida. Ele foi levado para uma clínica veterinária, mas não resistiu e acabou morrendo no dia 19 de abril. A doença que Billy tinha não foi informada, mas ela teria sido agravada pelo sufocamento que sofreu ao ser enterrado vivo.

Na ocasião a dupla foi indiciada por maus-tratos, mas responderam pelo crime em liberdade.

O caso de crueldade contra o dálmata continuou tendo repercussão e motivou uma lei municipal contra os maus tratos.

A Lei Billy foi aprovada em maio e está em vigor no município. De acordo com legislação, o ato determina que os responsáveis por abandonar animais devem pagar multa de R$ 2.010, já os que agredirem os animais e não prestarem socorro, devem pagar multa de R$ 3.350. A sanção mais pesada fica para quem matar um animal com ou sem intenção, neste caso os criminosos precisam pagar multa de R$ 6,7 mil.

Billy também foi homenageado em um ato da Prefeitura de Jacareí. Uma estátua do dálmata e uma placa foram instalados no dia 19 de junho na Praça Júlio Mesquita, no Parque Brasil. O local também abriga as cinzas do cão, que foi cremado. No monumento, a administração municipal afirma que Billy “virou símbolo da luta contra os maus-tratos”.

Para denunciar maus-tratos a animais na cidade basta ligar para os órgãos competentes. Os telefones da Diretoria da Causa Animal são 0800 16 30 10 ou 3955-9000, a Polícia Militar e Ambiental também podem ser acionadas pelo telefone 190.

Também existe uma lei com o nome do dálmata. – Reprodução

Por Vinicius Assis 

Fonte: Meon

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.