Cão reage às agressões e deixa homem de 35 anos em estado grave na Itália

Cão reage às agressões e deixa homem de 35 anos em estado grave na Itália

Aconteceu ontem, 4, na Itália, em Palermo, capital da Sicilia. Um homem estava batendo violentamente no cachorro e o animal reagiu.

Um homem de 35 anos foi gravemente mordido por seu cachorro enquanto estava em uma praia. De acordo com uma reconstrução inicial, o homem estava espancando o animal – um exemplar da raça chow chow – que de repente passou a reagir.

Após ter recebido chutes e pontapés por algum motivo injustificável, o cachorro decidiu contra-atacar e começou a morder o homem repetidamente e em várias partes de seu corpo.

Apesar do porte médio do animal, sua reação foi tão violenta que o homem sofreu ferimentos graves em diferentes partes do corpo, precisando ser resgatado de helicóptero e levado de urgência a um hospital local.

O resgate chegou a pedido dos banhistas que assistiram às cenas de horror na praia. Ao perceberem a gravidade da situação, os banhistas prestaram os primeiros socorros enquanto esperavam pelo resgate.

Dando e recebendo

Para reconstituir exatamente o que aconteceu, os policiais que intervieram no local ouviram das pessoas presentes que a reação repentina e violenta do animal teria ocorrido após uma surra que seu tutor lhe teria dado.

Até o melhor amigo do homem pode perder a paciência quando é maltratado. Violência gera violência, é dando que se recebe… é uma lei da natureza.

Que essa história sirva de exemplo. Não se educa ninguém, nem gente nem cachorro ,com violência.

O feitiço sempre se vira contra o feiticeiro. Sempre!

Fonte: greenMe Brasil