Cão resgatado de rinha recebe seu primeiro banho quente

Cão resgatado de rinha recebe seu primeiro banho quente

Por Zainab Akande / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Alguém abusou dele.

Eles o usaram e então o jogaram fora, para que morresse sozinho. Mas Rambo não ia deixar sua história acabar desta forma. Ele sobreviveu e agora continua a lutar pelo final feliz que ele merece.

Rambo foi encontrado pela ONG Every Life Matters Animal Rescue em Rock Hill, Carolina do Sul, EUA, no dia 23 de março. Casey Lawrence, membro do grupo de resgate e corretora de imóveis, encontrou Rambo após ter se perdido enquanto mostrava uma propriedade.

O cão foi encontrado na floresta, cercado de carcaças de animais. Ele estava frio e seu corpo estava entrando em choque, mas felizmente Lawrence chegou quando ele mais precisava que alguém se importasse em salvá-lo.

Se não fosse pelo equívoco de Lawrence, Rambo provavelmente não teria encontrado a ajuda que ele precisava desesperadamente.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha2

De lá, Rambo foi levado à clínica Baxter Veterinary Clinic, onde suas feridas foram gentilmente limpas.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha3

Os veterinários trabalharam para estabilizá-lo e, no segundo dia sob seus cuidados, Rambo já estava se levantando um pouco e abanando seu rabo.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha4

Ele também mostrou interesse na comida…

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha5

… e parecia confortável com seus novos arredores.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha6

Entretanto, Rambo ainda não estava longe de perigo.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha7

“Seus ferimentos sugerem que ele provavelmente era um cão isca”, Dr. James Doyle da clínica disse à agência local de notícias WCCB.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha8

Cães iscas são cruelmente usados como alvos de prática para cães de rinha em treinamento – os cães iscas tipicamente ficam amarrados a uma árvore ou poste com suas bocas amarradas ou dentes lixados para que eles não consigam lutar quando são atacados. Como resultado, esses cães tendem a ser muito submissos, e é exatamente dessa forma que Rambo foi descrito.

“Eles não são cães agressivos e é por isso que eles são usados como iscas”, Doyle disse, “porque eles não são nada bons em briga”.

Finalmente, Rambo foi transferido da clínica Baxter para a ONG Charlotte Animal Referral & Emergency (CARE) para tratamentos adicionais.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha9

“Ambas as pernas traseiras sofreram trauma provavelmente por causa das cordas ao redor de seus tornozelos”, a CARE escreveu em uma atualização da condição de Rambo no Facebook. “Ele é um amor e abana seu rabo e dá beijos apesar do abuso que sofreu”.

Atualmente, Rambo está se recuperando da primeira das muitas cirurgias que ainda virão.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha10

Mas parece ter esperança de um bom prognóstico. Enquanto isso, Rambo parece mais do que contente em aproveitar todo o amor que ele recebe.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha11

Isso sem dizer abraçar-se com seu bichinho de pelúcia favorito.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha12

Os policiais da Carolina do Sul estão atualmente investigando o caso de Rambo e acreditam que o local onde ele foi encontrado na floresta possa ser um local de abandono de animais, possivelmente para outros cães iscas.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha13

Rambo certamente está honrando seu nome como um garoto durão. Apesar de tudo que ele já passou, ele ainda mantém sua cabeça erguida, com muitos beijos para dar. Ele não dará às pessoas que fizeram isso a satisfação de partir com uma lamúria.

EUA CarolinaDoSul cao resgatado rinha14

Se você está interessado em ajudar Rambo com suas despesas médicas, considere fazer uma doação aqui.

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.