Cão Viver sofre com falta de ração para animais abrigados em BH

Cão Viver sofre com falta de ração para animais abrigados em BH

MG BeloHorizonte abrigo

Dependente de doações para funcionar, o abrigo com 266 cães e gatos da Ong Cão Viver fará um arraial para arrecadar fundos e ração. O evento será realizado no próximo 25 de julho, no bairro Jardim Atlântico, na região da Pampulha de Belo Horizonte.

Nos últimos meses a associação vem enfrentando sérias dificuldades em virtude da queda nas contribuições voluntárias. “Sempre procuramos promover ações com o objetivo de arrecadar fundos para manter nossas atividades, e sempre contando também com o auxílio da sociedade e de poucas empresas simpatizantes com a causa. Mas, no momento, estamos, inclusive, com dificuldades em manter a alimentação dos animais aqui abrigados. Só de ração precisamos de uma tonelada por mês”, enfatiza a advogada e voluntária da Cão Viver, Val Consolação.

A advogada aponta, ainda, outros fatores que comprometem os serviços até então prestados, entre eles: gastos com medicamentos, despesas com funcionários, o número elevado de abrigados, o baixo índice de adoções e o comportamento das pessoas quando o assunto é posse responsável de animais. “As pessoas precisam se conscientizar de que, quando decidem ter um animal de estimação, terão uma responsabilidade para a vida toda. E isso demanda dinheiro, tempo e cuidados, principalmente no que diz respeito à castração, e esta ainda é forma mais eficiente para garantir o controle ético populacional de cachorros e gatos e o abandono cada vez mais crescente destes animais”, explica Val. Hoje, o custo mensal da Cão Viver gira em torno de R$ 30 mil.

O consumo mensal é de uma tonelada de ração, além de outros gastos para atender a comunidade carente com procedimentos a baixo custo. O local também oferece atendimento médico veterinário e cirurgias a baixo custo. Criada há 13 anos por protetores independentes e simpatizantes da causa animal, a associação Cão Viver abriga cães e gatos vítimas de maus-tratos.

O arraial será realizado a partir das 19h, na rua Rua Cheik Nagib Assrauy, 75. Com comidas típicas liberadas (bebidas e doces à parte), o ingresso custa R$ 25 e mais um quilo de ração. Mais informações ou para doações, pelo telefone: (31) 3295-1532.

Fonte: Hoje em Dia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.