Cãozinho aparece decapitado em parque; suspeito foi detido

Cãozinho aparece decapitado em parque; suspeito foi detido
Cãozinho aparece decapitado em parque; suspeito foi detido (Reprodução / Pinellas County Sheriff’s Office). Foto: Pet é Pop

Um homem de 66 anos, chamado Domingo R. Rodriguez, foi acusado de crueldade contra animais depois que autoridades encontraram seu cachorro decapitado no Parque Fort De Soto, na Flórida [EUA].

O bulldog mix de 4 anos, chamado Dexter, foi descoberto flutuando em um mangue dentro de um saco plástico. O cachorro havia sido adotado por Rodriguez na semana anterior através de um abrigo local, chamado ‘Pinellas County Animal Services’.

De acordo com um relatório da Polícia do Condado de Pinellas, Rodriguez admitiu ter ido ao parque no dia em que o cachorro desapareceu, e forneceu declarações inconsistentes às autoridades.

As contradições em seu depoimento levaram à sua prisão, e agora, o homem enfrenta acusações de disposição inadequada de corpos de animais mortos e crueldade contra animais.

O abrigo em que Dexter foi adotado expressou choque e tristeza com a morte do cãozinho, afirmando que seus processos de triagem não detectaram problemas que indicassem perigo ao bem-estar do animal, e incentivam a comunidade a relatar qualquer abuso de animais ao escritório do xerife.

“Estamos de luto por Dexter e agradecemos à nossa comunidade e aos nossos defensores por suas condolências e palavras de apoio durante este tempo. Com seu apoio contínuo, a cura pode começar”

Fonte: MSN