Cãozinho magricela tem transformação incrível após ser resgatado

Cãozinho magricela tem transformação incrível após ser resgatado
Com o passar dos dias no abrigo, o cachorrinho aprendeu lentamente o que era ser amado (Foto: Centro de Resgate Animal da Pennsylvania)

Quando esse cachorro chegou ao Centro de Resgate Animal da Pennsylvania (EUA), ele não tinha certeza do que pensar. O gentil cachorrinho havia passado muito tempo sozinho, abandonado e vagando pelas ruas da cidade. Quando os socorristas finalmente o encontraram e o levaram de volta para o abrigo, ficaram com o coração partido ao perceber que ele era apenas pele e osso.

“No início, Denim estava assustado e certamente com medo”, disse Gillian Kocher, diretora de relações públicas do Centro de Resgate, ao The Dodo. “Muitas vezes, ele ficava com a cauda abaixada e hesitava em passar por portas ou sair.”

Com o passar dos dias no abrigo, Denim aprendeu lentamente o que era ser amado. Ele recebeu muita comida e recebia cuidados médicos para os ferimentos que havia sofrido quando estava sozinho. Logo, a estrutura frágil do cachorro estava tomando uma nova forma, e seu comportamento tímido desapareceu para revelar sua verdadeira personalidade.

“É sempre muito gratificante ver os cães se transformarem de seres tímidos e fechados em seres bobos e felizes. E, é claro, a transformação física é igualmente notável – você nem imagina que ele é o mesmo cão!”, disse Kocher.

Foto: Centro de Resgate Animal da Pennsylvania
Foto: Centro de Resgate Animal da Pennsylvania

Antes e depois do cachorro

Finalmente feliz e saudável, o cão uma vez magricela e muito tímido se tornou o cão mais alegre da sala. “Ele adora brincar com outros cães, embora possa ser MUITO difícil para eles. Ele só quer se divertir e sua energia de filhote fica evidente quando ele vai ao grupo de brincadeiras para cães no abrigo.”

Foto: Centro de Resgate Animal da Pennsylvania
Foto: Centro de Resgate Animal da Pennsylvania

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.