Capataz é preso por matar 9 capivaras, a tiros e com veneno

Capataz é preso por matar 9 capivaras, a tiros e com veneno
Capivaras encontradas mortas pela polícia. (Foto: Divulgação/PCMS)

O capataz Sinei Barbosa Guedes, de 50 anos, foi preso em flagrante após envenenar e matar a tiros ao menos nove capivaras na fazenda onde trabalhava, em Anastácio, cidade a 135 km de Campo Grande. Além disso, ele é investigado pelo furto de 40 toneladas de ração animal e 74 cabeças de gado.

A Deleagro (Delegacia Especializada no Combate a Crimes Rurais e Abigeato) já investigava o capataz pela suspeita dos furtos. Na manhã de terça-feira (7), os investigadores receberam informação de que Sinei havia tirado fotos e filmado as capivaras mortas próximas a uma lagoa onde ficavam.

A polícia apurou que, além de colocar produto químico de alta toxicidade na ração das capivaras, Sinei atirou contra os animais. A perícia esteve na propriedade, onde apreendeu restos de ração envenenada e o frasco do produto químico utilizado pelo suspeito.

Para a polícia, Sinei confessou o crime e disse que estava matando capivaras no local há aproximadamente quatro meses. No imóvel em que residia, na mesma propriedade que trabalhava, os policiais encontraram escondidas duas armas de fogo, sendo uma carabina calibre 22 e uma espingarda calibre 32.

Por Dayene Paz

Fonte: Campo Grande News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.