Capivara amanhece morta e choca moradores de Santos, SP

Capivara amanhece morta e choca moradores de Santos, SP
Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (8) uma capivara (Hydrochoerus hydrochaeris) morta chamou atenção de moradores de Santos que passaram entre as praias do Embaré e Aparecida no canal 5.

De acordo com moradores, o corpo do animal estava no canal, onde ficou por quase 2h, até a equipe da Prefeitura de Santos chegar para retira-la.

Em nota, a prefeitura informou que o animal foi recolhido através do serviço de coleta e destinação de resíduos de saúde e carcaças de animais.

Capivara

As capivaras são mamíferos herbívoros que se destacam por levarem o título de maior roedor do mundo. Esses animais apresentam um corpo robusto e musculoso coberto por pelos marrom-escuros e podem atingir cerca de 1,3 metros de comprimento e 60 cm de altura. Seu peso varia, e esses mamíferos apresentam, em média, de 20 kg a 80 kg.

As capivaras são animais calmos e mansos, nativos da América do Sul. Vivem em locais próximos ao ambiente aquático, pois precisam da água para várias de suas atividades, como esconder de predadores e reproduzir-se.

Outro caso de capivara no litoral de SP

O Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarujá resgatou uma capivara (Hydrochoerus hydrochaeris), no Jardim Acapulco.

O mamífero estava machucado, devido a ferimentos ocasionados por outro animal. A capivara foi encaminhada para cuidados veterinários ao Orquidário de Santos.

Fonte: Costa Norte

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.