Carro é abandonado e cão passa a viver dentro dele em Franca, SP

Carro é abandonado e cão passa a viver dentro dele em Franca, SP
A situação chama a atenção e os moradores do bairro (Fotos: Adilson Pessoni e Daiane Keny/WhatsApp GCN)

Uma situação inusitada tem chamado a atenção de moradores do Jardim Líbano.

A recepcionista Daiane Keny, de 29 anos, relatou ao Portal GCN que um cão da raça Pastor Alemão está “morando” dentro de um carro abandonado no bairro. O veículo está batido, encostado em um poste, na esquina da Rua Sebastião Said com a Rua Fauze Saad Musalém.

Ao ver o animal abandonado, Daiane e o namorado tentaram retirá-lo do carro, mas o cão se mostrou arisco e permanece no interior do veículo. “Estava passando por uma rua no Jardim Líbano, e me deparei com isto”, contou a recepcionista. Ao conversar com outros moradores da região, ela descobriu que o carro foi abandonado na Rua Sebastião Said desde o Natal, porém, em um ponto mais acima na rua.

O veículo teria sido empurrado rua abaixo e só parou ao bater no poste onde permanece encostado. O cão, que seria uma fêmea, apareceu há cerca de duas semanas e ninguém sabe de onde ele teria vindo. A situação chama a atenção e os moradores chegaram a pedir ajuda para que o animal fosse recolhido, mas não conseguiram retorno.

A polícia também foi chamada, segundo Daiane, e esclareceu que não poderia retirar o carro do local, uma vez que não há nenhum boletim de ocorrência de um proprietário reclamando o veículo. “Segundo uma moradora próxima, disse que desde do Natal este carro está assim na rua. Já foi polícia e disseram que não tem b.o por isso não pode ser feito nada”, afirma Daiane.

Uma moradora, que prefere manter o anonimato, relatou ao Portal GCN que a cada dia o carro é mais “depenado”. “Hoje, já está até sem as rodas”, explica ela. A moradora declara ainda que a suspeita é de que o veículo foi usado em algum crime e depois abandonado. Já o motivo de o cão Pastor Alemão ter usado o carro como “casa” é desconhecido.

“A cachorra já está lá há uns 3 dias, ela não sai do lugar, parece que está paralisada. Agora eu pergunto, onde temos que recorrer?”, questiona a recepcionista.

sp_franca_carro_abandonado_cao_passa_viver_dentro_dele_2 sp_franca_carro_abandonado_cao_passa_viver_dentro_dele_3 sp_franca_carro_abandonado_cao_passa_viver_dentro_dele_4 sp_franca_carro_abandonado_cao_passa_viver_dentro_dele_5 sp_franca_carro_abandonado_cao_passa_viver_dentro_dele_6

Fonte: GCN

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.