Carroceiro é preso após maltratar e matar cavalo em Itajaí, SC

Carroceiro é preso após maltratar e matar cavalo em Itajaí, SC

O caso rolou na noite dessa última segunda-feira, 07. O animal entrou em óbito antes da chegada do veterinário. O fato ocorreu no bairro Cordeiros por volta das 19h.

Uma guarnição foi acionada via Central de Operações Integradas para averiguar uma denúncia de maus tratos a um cavalo. Segundo o comunicante, o animal estava caído em via pública, após ter sido puxado e arrastado no pavimento da via pública.

Os guardas estiveram na rua Orlandina Amália Pires Corrêa e encontraram o animal com visíveis sinais de maus tratos e agonizando. O homem já não se encontrava no local e, segundo testemunhas, havia se evadido com a carroça, com o outro cavalo sadio.

Foi acionado um veterinário do Instituto Itajaí Sustentável (Inis), que esteve no local e constatou imediatamente o óbito do animal.

No laudo técnico emitido pelo profissional foram apontados uma série de sinais de maus tratos, entre eles subnutrição, hemorragia, caquexia (perda do tecido adiposo), além de uma série de lesões em razão de o cavalo ter sido arrastado.

Em ato contínuo, após buscas pela região, os agentes localizaram o indivíduo na rua Domingos Bras Sedrez e deram voz de prisão no local.

O homem, de 36 anos, foi conduzido à Central de Plantão Policial (CPP) para as devidas providências.

O animal morto foi recolhido pela Secretaria de Obras. Já o outro cavalo foi entregue aos cuidados de um terceiro.

Por Jussara Albino, via Repórter Paulo Roberto

Fonte: O Janelão

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.