Foto: Itabaiana Como Eu Vejo

Carroceiro forçou cavalo a transportar 1 tonelada de cimento em Itabaiana, SE

Um novo caso de abuso contra animais foi registrado em Itabaiana e chocou a população sergipana na última semana. A denúncia, que aponta um cavalo guiado por uma carroça com uma tonelada de cimento, chegou à deputada estadual Kitty Lima (Cidadania), a qual utilizou das suas redes sociais para criticar os recorrentes maus-tratos desta natureza e cobrar uma posição do Poder Público do Município.

Kitty destacou que o fato deve ser devidamente apurado para que os responsáveis sejam punidos com o rigor necessário. “Meu dia foi super corrido, mas não poderia fechar os olhos para tamanha atrocidade. Já estou buscando os órgãos competentes, pois isto não pode ficar impune. Tanto o carroceiro, quanto o material de construção que permitiu isto devem ser responsabilizados”, argumentou a ativista da causa animal.

A parlamentar recordou sua luta, ainda enquanto vereadora de Aracaju, para extinguir gradativamente o uso de carroças na capital e garantir a subsistência dos carroceiros e das suas famílias com a geração de novos empregos. Partiu de Kitty Lima, também, a iniciativa que culminou na Lei de Responsabilidade das Casas de Materiais de Construção, a qual prevê, dentre outras coisas, um limite para transportes como este.

Kitty também ressaltou a necessidade de união da Prefeitura e da Câmara Municipal de Itabaiana para que leis desta natureza sejam aplicadas, a fim de evitar que tais situações tornem a se repetir. “Clamo ao prefeito Valmir e à Câmara que não permitam situações como esta. Nosso intuito é ver políticas públicas para os animais sendo efetivadas e os municípios do interior, a exemplo de Itabaiana, devem buscar sempre essa efetivação”, completou.

Fonte: Faxaju

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.