Casal de pit bulls sobrevive após ser esfaqueado e jogado em praia de SP

Casal de pit bulls sobrevive após ser esfaqueado e jogado em praia de SP
Cães são resgatados após serem esfaqueados em Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin

Dois cachorros foram resgatados após serem esfaqueados em uma praia de Guarujá, no litoral de São Paulo. Além dos ferimentos, um dos animais de estimação também apresentava sinais de enforcamento. Além disso, ambos sofrem com anemia e a doença do carrapato. Os cães foram hospitalizados e estão fora de risco.

Ao G1, a proprietária de uma creche para cães, Elaine Dalsin, de 46 anos, conta que foi avisada de que haviam dois cães gravemente feridos na praia do Canto do Tortuga, em Guarujá, na última terça-feira (10). Ao chegar no local, descobriu que os animais haviam sido levados a uma clínica veterinária.

Na clínica, a empresária foi informada pela equipe sobre o quadro de saúde dos cães ‘Brancão’ e ‘Tigresa’, um casal de pit bulls com idade estimada em dois e seis anos, respectivamente. Em estado mais grave, a cadela não conseguia se mover, se alimentar e apresentava dificuldade em respirar, segundo Elaine.

“Além da facada, a Tigresa tinha um tipo de ‘caroço’ no pescoço, que a veterinária acreditar ser um sinal de que ela tenha sido enforcada, e chegou desorientada por algum trauma neurológico, talvez por uma pancada na cabeça. Ou seja, eles têm sinais claros de maus-tratos, mas são muito educados e carinhosos, é impressionante”, conta.

Cães esfaqueados foram encontrados em praia de Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin
Cães esfaqueados foram encontrados em praia de Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin

A médica veterinária Priscila Maria Lattari, que tratou de Tigresa, aponta que os cortes foram superficiais e não causaram nenhum dano interno à cadela. No entanto, ela aponta que um quadro grave de anemia, além da doença do carrapato, intensificaram o tratamento de primeiros-socorros.

“O risco de facadas em cachorros é o da perfuração do pulmão, o que torna a melhora mais complicada. Felizmente, esse foi um ferimento superficial, o problema pior era o da traqueia dela. Ela apresentou uma melhora muito boa, já conseguiu levantar, comer sozinha, abana o rabo. Está melhorando bem”, afirma a veterinária. A cadela segue internada.

Já Brancão, segundo conta Elaine, não sofreu tantos ferimentos e recebeu alta ainda no mesmo dia, e foi encaminhado à creche para cães da empresária. No entanto, como o cachorro ainda apresentava um quadro de anemia leve e também estava com a doença do carrapato, retornou ao hospital veterinário onde está Tigresa.

'Tigresa' foi resgatada com cortes e sinais de estrangulamento em SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin
‘Tigresa’ foi resgatada com cortes e sinais de estrangulamento em SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin

A empresária afirma que a proximidade de Brancão ajudou na melhora da saúde de Tigresa, uma vez que os dois estavam juntos quando foram encontrados. “Dá para ver que eles são muito próximos, então ela ficou super feliz quando voltou a ficar com ele e ele pode tratar os problemas na clínica”. A previsão é de que ambos recebam alta no próximo domingo (15).

“Quando eles receberem alta, vamos levar os dois para a creche e disponibilizá-los para a adoção. Sabemos que muita gente tem boa vontade, mas a preferência é para quem possa adotar os dois, pois são muito unidos, e possa dar boas condições a eles. São animais que sofreram muito e precisam de um bom lar”, aponta a empresária.

O casal será levado à creche de Elaine, localizada na Rua Uruçu, 52, no Jardim Umuarama, em Guarujá. “Eu fico pensando se fossem os meus nessa situação, então é uma satisfação enorme poder dar uma segunda vida a esses cachorros. Existem pessoas muito cruéis e, infelizmente, eles não têm chances para se defenderem”.

A empresária afirma, ainda, que pretende registrar a ocorrência de maus-tratos na Delegacia de Polícia de Guarujá. Até o momento, o responsável pelas agressões não foi identificado.

'Brancão' se recupera em clínica após ser esfaqueado em Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin
‘Brancão’ se recupera em clínica após ser esfaqueado em Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Elaine Dalsin

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.