Pássaros foram encontrados dentro de residência, em São Vicente (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

Casal é multado em R$ 231 mil por manter pássaros silvestres em casa

Mais de 90 pássaros foram encontrados dentro de uma casa, nesta quinta-feira (9), em São Vicente, no litoral de São Paulo. O casal que mantinha os pássaros em cativeiro irá responder por crime ambiental e terá que pagar uma multa de R$ 231.600.

O 3º Batalhão de Polícia Ambiental (3º BPAmb) recebeu uma denúncia de que pássaros silvestres estavam em cativeiro. Os policiais foram até o endereço indicado, uma casa localizada na Rua Cidade de São Vicente, no bairro Vila Margarida.

Ao chegarem no local, os policiais encontraram 90 pássaros silvestres nativos, sendo três da espécie bico de pimenta, seis patativas, cinco coleiros baianos, 24 coleiros papa capim, três bigodinhos, 12 trinca ferro, quatro tico-ticos, dois sabiás laranjeira, cinco galos de campina, 13 canários da terra, quatro curiós, dois tizius, um azulão, dois tiés sangue, um sanhaço e quatro tico-tico-rei-cinza.

Outros quatro pássaros exóticos também foram achados no local, sendo um cardeal boliviano e três pintassilgos venezuelanos. As aves exóticas são aquelas cuja distribuição geográfica da espécie não inclui o Brasil.

Um casal estava na residência. Eles alegaram que são criadores de pássaros e que tentariam regularizar a situação dos animais. A Polícia Ambiental emitiu um Auto de Infração Ambiental (AIA), procedimento administrativo destinado à ação ou omissão que viole as regras de proteção e recuperação do meio ambiente, no valor de R$ 231 mil.

Ainda de acordo com a Polícia Ambiental, todos os pássaros foram encaminhados para o Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Selvagens (Ceptas), em Cubatão (SP).

Polícia Ambiental apreendeu mais de 90 pássaros em São Vicente (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)
Polícia Ambiental apreendeu mais de 90 pássaros em São Vicente (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)
 Gaiolas com os pássaros estavam em São Vicente (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)
Gaiolas com os pássaros estavam em São Vicente (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

Fonte: G1