Casal que arrastou cavalo preso a caminhonete é detido por maus-tratos

Casal que arrastou cavalo preso a caminhonete é detido por maus-tratos

Um homem e uma mulher foram acusados de maus-tratos aos animais, sob suspeita de terem arrastado um cavalo preso a uma caminhonete. O episódio ocorreu na cidade de Grand Lake, no estado norte-americano do Colorado.

John e Amber Saldate, de 59 e 33 anos, estão agora sob custódia do 14º Distrito Judicial, e devem ir a julgamento no fim de janeiro de 2020.

O vídeo do incidente de maus tratos foi publicado no Facebook e repercutiu por outras redes sociais, levando a uma campanha pela investigação do caso. Nas imagens, o cavalo é amarrado com uma corda pelo pescoço à traseira de uma caminhonete branca, que acelera.

A gravação ainda é narrada por uma mulher, de identidade não revelada, que apoia a ação e diz: “Este babaca não quer sair do rancho, então John [Saldate] está puxando ele, porque ele está sendo um imbecil”.

O animal tenta escapar, resistindo ao movimento, porém suas patas deslizam na estrada coberta pela neve.

O promotor estatal Matt Krazen recebeu diversas denúncias e pedidos de informação sobre o cavalo, os culpados, e as circunstâncias em torno do vídeo.

Krazen afirma que o animal foi recolhido por autoridades judiciárias, e está agora “à salvo”. Veículos locais também afirmam ter descoberto o nome do equino – Trigger, “gatilho” em inglês.

Confira o vídeo a seguir:

Fonte: Metro Jornal 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.