Casal rouba macaquinho em zoológico na Macedônia para presentear a filha

A polícia da Macedônia encontrou nesta terça-feira um macaquinho que, segundo a imprensa local, um casal havia roubado de um zoológico para presentear sua filha, apaixonada pelo animal.

Os pais, de 26 e 31 anos de idade, roubaram nesta segunda-feira o primata de apenas 18 meses de idade no zoológico de Skopje para levá-lo para casa, em Kavadarci, uma aldeia localizada a uma centena de quilômetros ao sul da capital macedônia, informou a polícia em comunicado.

“Abriram a jaula com uma pinça e tiraram o macaco”, completou a mesma fonte.

Eles imediatamente colocaram o pequeno animal em uma bolsa preta e entraram em um táxi que os esperava estacionado em frente ao zoológico, de acordo com testemunhas citadas pela imprensa local.

Em cada uma de suas visitas ao zoológico, a menina passava um longo tempo observando o macaquinho, batizado de Luka, e voltava para casa aos prantos, segundo a mesma fonte.

A polícia informou que o pequeno Luka passa bem e que ele se encontrou com seu irmão mais novo quando retornou ao zoológico.

Os pais da menina podem ser condenados a até três anos de prisão pelo roubo do animal, que tem valor estimado entre 3.000 e 5.000 euros.

Fonte: EM / Agence France-Presse 

Nota do Olhar Animal: A falta de segurança e suas consequências para os animais (e também para as pessoas) nos zoológicos são notícia quase que diária. Esta exploração comercial do confinamento de animais comumente só beneficia a quem dela vive. Neste caso específico, o alegado papel educador mostra sua verdadeira face: a do estímulo ao egoísmo de quem se compraz com o aprisionamento de animais, a ponto de quererem exclusividade para “desfrutar” do encarceramento destes seres. O que os zoológicos ensinam é o desrespeito aos interesses próprios dos bichos para a satisfação mesquinha dos que os visitam e dos que lá os mantém.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.