Caseiro é preso depois de atirar e matar cachorro em Uberaba, MG

Homem foi preso por atirar e matar cão de vizinho com espingarda adaptada para munição calibre 22, na tarde de ontem, no bairro Jardim Maracanã. A arma usada foi apreendida. O animal, apesar de encaminhado ao hospital veterinário, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Acionados pelo Copom, viatura 20828 do Tático Móvel, sob comando do tenente Bruno, compareceu por volta de 16h à rua Adail Gomes Ferreira, onde havia ocorrência de disparo de arma de fogo em chácara nas imediações. No local, a equipe encontrou W.S.C., 41 anos. Conforme registro policial, o solicitante relatou que seu cão de seis meses foi alvejado por um homem após entrar na propriedade vizinha.

Na chácara alvo da denúncia, a equipe encontrou o caseiro J.L.P., 37. Questionado sobre o disparo, ele alegou que o referido cão costumava invadir diariamente a propriedade para matar galinhas e comer ovos. Ao perceber que o animal novamente se encontrava na chácara, o cão foi alvejado pelo caseiro, que utilizou uma espingarda 5.5 de ar comprimido.

Em busca pelo imóvel, os militares encontraram a arma utilizada no disparo. Após análise, foi constatado que a tal espingarda possuía adaptação para munições calibre 22. Foram localizadas 28 munições do mesmo calibre e outras 21 intactas de calibre 38, que o autor do disparo alegou ser de propriedade do seu patrão.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao caseiro por porte ilegal de arma de fogo. O autor foi encaminhado à Delegacia de Plantão da Polícia Civil para esclarecimentos. A espingarda e demais munições foram apreendidas. A vítima encaminhou o animal ao hospital veterinário, mas o cão, não resistindo aos ferimentos, morreu.

Fonte: JM Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.