Caso Gaia: após morte em transporte, família recebe corpo de cadela em caixa de gelo

Caso Gaia: após morte em transporte, família recebe corpo de cadela em caixa de gelo
Cadela Gaia morreu no percurso entre São Luís e São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo

A empresa MooviPet, especializada em transportes de animais, justificou que devolveu o corpo da cadela Gaia à família tutora a partir de um serviço de motorista por aplicativo porque não encontrou em Marabá, no Pará, um serviço especializado em necropsia e médicos veterinários disponíveis para assinar o atestado de óbito do animal onde ele morreu.

Cinco dias depois do embarque do estado do Maranhão, o corpo da cadela foi devolvido pela empresa enrolado em um saco plástico, dentro de uma caixa térmica com gelo.

A família estava de mudança de São Luís para a cidade de São Paulo e contratou o serviço de van justamente por ter receio de fazer a viagem de forma aérea e ocorrer algo parecido ao que ocorreu ao cão Joca, cuja história sensibilizou o país.

A empresa afirmou que buscou manter o corpo resfriado para que as autoridades pudessem seguir com a investigação sobre as causas da morte.

O caso ocorreu no dia 26 do último mês, mas veio à tona nesta quinta-feira (4) a partir de reportagem da TV Globo.

Cadela Gaia morreu no percurso entre São Luís e São Paulo — Foto: Reprodução/Instagram
Cadela Gaia morreu no percurso entre São Luís e São Paulo — Foto: Reprodução/Instagram

A família registrou um boletim de ocorrência contra a empresa de transporte e a Polícia Civil do Maranhão abriu nesta semana uma investigação para apurar o caso.

A empresa afirma que assim que a cachorra da raça Golden Retriever apresentou os primeiros sintomas, buscou atendimento na clínica veterinária mais próxima.

A viagem com início do Maranhão iria passar por 11 estados e o DF, com outros 18 animais dentro da van.

Por Guilherme Marconi

Fonte: CBN

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe um comentário