Casos de envenenamento de gatos voltam a preocupar moradores de bairro em Jundiaí, SP

Casos de envenenamento de gatos voltam a preocupar moradores de bairro em Jundiaí, SP

Os frequentes casos de envenenamento de gatos têm deixado os moradores do Jardim Santa Gertrudes, em Jundiaí (SP), preocupados. Desde o fim do ano passado, pelo menos 50 animais apareceram envenenados na região.

Além de um cachorro, a cuidadora de idosos Josinalba Matias tinha quatro gatos e, em dois dias, três deles apareceram mortos no quintal da casa dela. Dois eram filhotes e estavam dentro de um saco de lixo. “Tem mais dois que estão sumidos e não apareceram. Só por Deus!”, lamenta.

Josinalba Matias lamenta a morte de três dos seus quatro gatos. — Foto: Reprodução/TV TEM

No fim do ano passado, dois casos registrados no bairro deixaram em alerta os moradores que têm animais de estimação. Na época, 30 gatos haviam sido encontrados mortos, a maioria por envenenamento.

Dos cinco que a manicure Juliana Bueno de Oliveira tinha na casa dela, dois foram mortos envenenados em apenas uma semana. “Meu esposo está muito chateado. Há sete anos que temos eles [os gatos]. Jamais imaginei que iria passar por isso.”

Simone Regina faz parte de uma associação que cuida de animais e conta que, por causa desses casos, muitos donos de gatos que moram no bairro estão preocupados. “Inclusive alguns nós tentamos socorrer, mas não deu tempo. Alguns o veterinário fez exames e constatou que era chumbinho”, explica.

Alguns donos de gatos registraram boletins de ocorrência. Na época, a Polícia Civil disse que iria investigar, inclusive para saber se os casos tinham ligações, mas ninguém foi preso ou identificado até o momento.

 Vídeo: Casos de envenenamento preocupam donos de gatos em bairro de Jundiaí.

A TV TEM pediu novamente um posicionamento para a Secretaria de Segurança Pública, mas não recebeu resposta.

Por Rafael Fachim 

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.