Catador de Belo Horizonte (MG) emociona ao impedir assassinato de cães e gatos: 'É um anjo'

Catador de Belo Horizonte (MG) emociona ao impedir assassinato de cães e gatos: ‘É um anjo’

Quem vê o catador de matérias recicláveis Emerson Carneiro andando pelas ruas da capital com um carrinho de compras rodeado de cães e gatos pode imaginar o quanto ele ama os animais. Mas, por trás da cena que comove há uma triste constatação: o homem carrega os bichinhos para cima e para baixo para impedir que eles sejam mortos.

A história de Carneiro viraliza pelas redes sociais por conta de um post feito no Facebook, nessa sexta-feira (18), pela vendedora e ativista pelos direitos dos animais Alexandra Silva, de 44 anos. A publicação conta que o catador vive no aglomerado da Barragem Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, e que passou a carregar os animais para que eles não sejam mortos por lá. Ele já chegou a resgatar mais de 20 animais e os encaminha para adoção.

Belo Horizonte.MG💔 Existem seres HUMANOS e seres DESUMANOS 💔🙏🐾🙏🐾🙏🐾🙏🐾🙏Emerson Carneiro, catador de material…

Publicado por Alê Silva em Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Ao BHAZ, Alexandra contou que a ideia da publicação é reunir o máximo de ajuda possível para o catador e os animais acolhidos por ele. “Montamos um grupo com interessados em ajudar, ele diz que tem que carregar os cachorros e gatos para que não sejam mortos. Alguns já foram. É uma situação muito triste”, explica.

“Estamos nos articulando para começar a fazer arrecadações de ração e outros itens para os animais, mas também queremos ajudar o Emerson. Já temos uma veterinária voluntária que vai auxiliar nas castrações, mas toda ajuda é bem-vinda”, conta. “Eu me vi nessa história dele, é muito comovente, a gente sabe que precisa fazer algo e só faz. É um anjo”, pondera.

Segundo Alexandra, ela e uma amiga, Ana Luisa, devem se encontrar com o catador neste domingo (20) para discutir os próximos passos para ajudá-lo a lidar melhor com os animais. “Quem quiser ajudar pode nos contactar pelos telefones, no WhatsApp e no Facebook. É incrível ver o nível de apego dos animais com ele, precisamos ajudar”, afirma.

Quem quiser ajudar, ou fazer parte do grupo que articula auxílio para o catador, pode fazer contato por meio dos telefones (31) 99682-9085 e (31) 9 9522-5474, ou ainda pelo Facebook.

Por Roberth Costa

Fonte: BHAZ

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.