Projeto LUNAAR arrecada ração e em troca ganhe uma sessão fotográfica, em Cuiabá

Projeto LUNAAR arrecada ração e em troca ganhe uma sessão fotográfica, em Cuiabá

Já ouviu falar no Projeto Lunaar? Juntos pela causa animal, o Lunaar – LUTA E UNIÃO DE AMIGOS PARA ANIMAIS EM RISCO – nasceu em outubro de 2017 quando Tainá Marques, acadêmica de Nutrição da UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso reuniu amigos, estudantes, familiares com o intuído de amparar os gatos que vivem nas áreas das faculdades da UFMT.

LEIA MAIS Projeto LUNAAR arrecada ração e em troca ganhe uma sessão fotográfica, em Cuiabá

Para impulsionar adoções, professores da Unic fazem ‘book’ de animais vítimas de abandono em Cuiabá

Quem vê a Estopinha assim, não imagina a história dela, que foi resgatada pela ONG Cão Cuidado Cão Amor. Ela foi abandonada na beira do rio Cuiabá, com sinais de doença e maus tratos. Após duas semanas recebendo os cuidados necessários e tratamento adequado pelo grupo de protetores, uma surpresa: foi constatado que a cadelinha esperava um filhote, a Sofie. Desde então elas esperam juntas por um lar definitivo.

LEIA MAIS Para impulsionar adoções, professores da Unic fazem ‘book’ de animais vítimas de abandono em Cuiabá
PL para estimular alimentação vegana em escolas começa a tramitar no Congresso

PL para estimular alimentação vegana em escolas começa a tramitar no Congresso

A dieta vegana, mais do que apenas uma opção saudável, é a saída para um mundo mais sustentável e respeitoso. Porém, para que ela seja cada vez mais difundida, é preciso que governos e autoridades incentivem este tipo de dieta, como o deputado federal Célio Studart (PV-CE), que protocolou uma proposta para que a alimentação vegana seja incentivada nas escolas.

LEIA MAIS PL para estimular alimentação vegana em escolas começa a tramitar no Congresso
MIKE SEGAR

Lisboa acolhe campanha contra cães acorrentados

A Provedoria dos Animais de Lisboa, em Portugal, anunciou esta quinta-feira, na sua página de Facebook, que irá fazer uma campanha na cidade no âmbito do Movimento Cívico Quebra a Corrente. Como o nome indica, o movimento dedica-se à “libertação de animais acorrentados, trocando as correntes por espaços vedados mais adequados às necessidades destes animais, e a educar e sensibilizar os tutores para os riscos de manter um animal acorrentado”, pode ler-se na página deste site.

LEIA MAIS Lisboa acolhe campanha contra cães acorrentados
Em resposta à Câmara de Maringá (PR), TCE diz que prefeitura pode doar ração a entidades protetoras de animais

Em resposta à Câmara de Maringá (PR), TCE diz que prefeitura pode doar ração a entidades protetoras de animais

Em resposta à Câmara de Maringá, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) informou que as prefeitura podem doar ração a entidades protetoras de animais, mas é preciso seguir alguns critérios. Para formalizar a doação, é preciso haver uma autorização legislativa e realizar avaliação prévia ou procedimento licitatório.

LEIA MAIS Em resposta à Câmara de Maringá (PR), TCE diz que prefeitura pode doar ração a entidades protetoras de animais