brasil atropelamentossilv0

Quinze animais silvestres morrem atropelados em estradas por segundo

Você sabe o que mais provoca a morte de animais silvestres no Brasil? Atropelamento. Uma estatística divulgada pelo Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, da Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais, revelou um dado assustador: por ano, 5 milhões de animais grandes, como uma anta, por exemplo, são mortos nas estradas brasileiras. E se forem considerados os bichos menores, como sapos, cobras e aves, este número fica ainda mais impressionante.
LEIA MAIS Quinze animais silvestres morrem atropelados em estradas por segundo
RJ riodasostras baleiaenc thumb

Baleia é encontrada morta em praia de Rio das Ostras, no RJ

Uma baleia foi encontrada morta na areia da praia do bairro Mar do Norte, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio, no final da manhã desta quarta-feira (18). A primeira análise feita pelo Centro Tecnológico Ambiental da cidade apontou que o animal, que pode ser da espécie Jubarte, morreu de causas naturais e que as correntes marítimas levaram o corpo do animal até a praia.
LEIA MAIS Baleia é encontrada morta em praia de Rio das Ostras, no RJ
california leaomarinho0

El Niño faz milhares de filhotes de leões-marinhos encalharem na Califórnia, EUA

Centros de resgate de animais da Califórnia ficaram lotados após mais de mil leões-marinhos recém-nascidos encalharem no litoral do estado nos últimos dois meses. A causa para tantos animais ficarem presos ainda não está clara, mas cientistas acreditam que os leões-marinhos estão sofrendo com a falta de presas naturais, forçando as mães a deixarem seus filhotes sozinhos para procurar comida.
LEIA MAIS El Niño faz milhares de filhotes de leões-marinhos encalharem na Califórnia, EUA
congo gorilas0

Exploração de petróleo coloca gorilas-das-montanhas em risco, do Congo, em risco

O governo da República Democrática do Congo quer alterar as fronteiras do Parque Nacional de Virunga para permitir a exploração de petróleo. A procura do ouro negro na região remonta a 2010, quando a empresa petrolífera britânica SOCO deu início à exploração, contra as críticas e condenações de vários organismos internacionais, como a World Wide Fund for Nature (WWF).
LEIA MAIS Exploração de petróleo coloca gorilas-das-montanhas em risco, do Congo, em risco