Cavalo atropelado agoniza por horas na RJ-104

Cavalo atropelado agoniza por horas na RJ-104
O trânsito ficou bastante lento e até foi interrompido em determinados momentos por populares que ajudavam o animal. - Foto: Luiz Nicolela

Um cavalo foi atropelado e abandonado na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), na altura de Alcântara, na tarde desta quinta-feira (06). O animal ficou cerca de uma hora no meio da pista, sentido Itaboraí, até que três transeuntes que passavam pelo local o arrastaram para a lateral da via, liberando uma das pistas.

O trânsito ficou bastante lento e até foi interrompido em determinados momentos pelos homens, que tentavam contato com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) a todo momento, sem sucesso. Não há informações sobre quem conduzia o cavalo na hora do acidente, já que ele estava encilhado e a cela jogada no meio da via. O engarrafamento se estendia até a altura de Santa Bárbara.

Segundo a BPRV, uma viatura estava se dirigindo ao local para retirar o animal da pista por volta das 18h30. O cavalo quebrou uma das patas com a batida e estava sangrando, muito machucado, por cerca de três horas.

“Nossas autoridades estão falidas. Pode estar morrendo quem tiver, animal, gente, que eles não se importam. Esses políticos só pensam em si. O cavalo está há horas agonizando, sofrendo. Ligamos várias vezes pra BPRV e ninguém veio retirar o animal da pista. Se não tivéssemos arrastado ele para o canto, poderia ter acontecido um grave acidente. Nós demos água para ele beber, tentamos atenuar a dor do bichinho”, disse Antônio Moreira de Lima, marceneiro, um dos homens que ajudou a retirar o animal do meio da pista.

O cavalo quebrou uma das patas com a batida e estava sangrando, muito machucado. – Foto: Luiz Nicolela

Por Karolina Mello, estagiária sob supervisão de Cyntia Fonseca

Fonte: O São Gonçalo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.