Cavalo atropelado é deixado por mais de 14 horas em rua do DF

Cavalo atropelado é deixado por mais de 14 horas em rua do DF

Mulher afirma que bombeiros deixaram bicho no canteiro e foram embora. Corporação diz não fazer remoção; às 15h, SLU afirmou ter retirado animal.

Por Karla Luiza Machado

DF guaraii cavalo1O corpo de um cavalo que morreu atropelado na noite deste domingo (8) permaneceu mais de 14 horas abandonado no canteiro da pista onde ele foi atingido no Guará II, no Distrito Federal. As imagens foram enviadas por meio do VC no G1 pela leitora Karla Luiza Machado.

De acordo com Karla, que vive em um prédio da QI 27, o animal entrou na pista e foi atingido por um carro por volta de 22h. O Corpo de Bombeiros esteve no local pouco depois para prestar os primeiros socorros ao motorista, que não ficou gravemente ferido. Depois, bombeiros transferiram o animal para o gramado ao lado da pista e foram embora.

“Os bombeiros vieram, liberaram o trânsito e deixaram o cavalo no canteiro”, disse Karla. “Já liguei para virem tirar, mas ninguém apareceu ainda. É uma falta de responsabilidade com o cidadão.”

Nota da Redação do G1: Por meio da assessoria de comunicação, o Corpo de Bombeiros informou que, como o cavalo morreu no local, apenas retirou o bicho da pista, a fim de evitar novos acidentes. Segundo a corporação, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) já havia sido acionado para remover o cavalo da pista. O SLU informou, às 15h desta segunda, que recebeu o chamado para fazer a remoção pela manhã e que o animal já havia sido retirado da pista.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.