Cavalo morre vítima de maus-tratos em Arapongas, PR

Cavalo morre vítima de maus-tratos em Arapongas, PR

Moradores do Jardim Interlagos em Arapongas denunciaram nesta quarta-feira (19), mais um caso de maus-tratos contra animais na cidade. Desta vez, um cavalo morreu em um terreno baldio do bairro.

O Grupamento de Defesa Ambiental (GDA), foi acionado e localizou a carcaça do cavalo em um terreno na Rua Paturi do Mato, no Jardim Interlagos. Conforme verificação da equipe, foi constatado que o animal estava amarrado com uma corda no pescoço, que causou enforcamento e morte por asfixia, depois que ele se desequilibrou e caiu em um barranco.

De acordo com o coordenador da equipe ambiental da guarda municipal (GM), Emerson Alves, a criação de cavalos e outros animais de grande porte em área urbana é proibida pelo código de postura do município. “Estes animais têm necessidade de cuidados adequados, não se pode criá-los em área urbana, e essa fiscalização é feita pela vigilância sanitária. Se tiver maus-tratos, aí nós atuamos”, explicou.

De acordo com Alves, a secretaria de Meio Ambiente estará adotando os procedimentos para destinação da carcaça, para evitar riscos à saúde da população da vizinhança ao ocorrido. Uma fiscalização mais rigorosa também deverá ser adotada para coibir esse tipo de situação. “Estaremos integrando uma fiscalização de maus tratos e também a verificação destes locais com criação de cavalos. No caso deste animal morto, solicitamos informações que possam levar a identificação do proprietário do cavalo, para aplicação das penalidades cabíveis por maus-tratos. As ações da guarda ambiental não medirão esforços a fim de identificação desse infrator”, garantiu.

Informações podem ser repassadas através do 3902-1194 da Secretaria de Meio Ambiente ou 153 da Guarda Municipal.

Por Aline Andrade

Fonte: TN Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.