Cavalo que era usado para puxar carroça é apreendido em Curitiba, onde tração animal é proibida

Cavalo que era usado para puxar carroça é apreendido em Curitiba, onde tração animal é proibida
Foto: Divulgação

Um cavalo, que estava sendo usado para puxar uma carroça, foi apreendido nesta terça-feira (11), no bairro Boqueirão, em Curitiba, por fiscais da Rede de Proteção Animal e agentes da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), da Polícia Civil. Os veículos de tração animal são proibidos na capital paranaense desde 2015 e o homem que conduzia a carroça foi parado, autuado, e teve o animal apreendido.

O cavalo foi levado ao Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar), onde vai passar por avaliação veterinária, microchipagem e alojamento até que possa ser encaminhado para adoção responsável. A apreensão é definitiva e as multas por maus-tratos e tração passam de R$ 2 mil.

Lei
A Lei 14.741/2015, regulamentada pelo Decreto 80/2018, proíbe o uso de veículos de tração animal em Curitiba. Há placas nas entradas da cidade informando sobre a proibição, já que a prática é utilizada ainda em alguns lugares da Região Metropolitana.

Como adotar

Desde 2017, já foram feitas 55 apreensões de equinos por maus-tratos ou em situação irregular quanto à lei que proíbe a tração animal em Curitiba.

Interessados em adotar esses animais de grande porte, obrigatoriamente para manutenção fora do Município de Curitiba e com a comprovação de cadastro de imóvel rural junto à Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), podem enviar e-mail para [email protected].

Colaboração Prefeitura de Curitiba

Fonte: Massa News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.