Cavalos soltos próximo a Serra do Salitre (MG) causam acidentes e morte de animais

Cavalos soltos próximo a Serra do Salitre (MG) causam acidentes e morte de animais

A Polícia Rodoviária Estadual no dia 22/12, por volta das 08h50min deparou com cinco equinos, quatro deles soltos na BR146, km 81, primeira curva a esquerda após passar pelas torres na saída de Serra do Salitre sentido a cidade de Araxá.

No local os militares verificaram que possivelmente havia ocorrido um acidente de trânsito há poucas horas, porém o(s) veiculo(s) deixaram o local do acidente, mas haviam vestígios, peças de um veículo marca fiat com marcas de sangue.

Um cavalo havia sido atingido vindo a óbito no local, onde os militares removeram da pista de rolamento deixando-o na faixa de domínio. Um outro cavalo também foi atingido culminando em um ferimento profundo na região torácica lado direito.

Os militares saíram à procura de um veterinário a fim de avaliar a situação clínica e providenciar sutura e procedimentos emergenciais para garantir a vida do animal. Os militares foram ao estabelecimento comercial, “Spaço Veterinário” e, em contato com o veterinário Lindolfo, este se predispôs a avaliar o equino.

Assim que o veterinário chegou ao local, disse que seria necessário suturá-lo, dentre outras providências de emergência.

Enquanto realizava o procedimento cirúrgico, verificou que o equino apresentava hemorragia interna intensa e profunda, adentrando a cavidade pulmonar, o que inviabilizaria o procedimento. Portanto, não havendo mais recursos, foi feito aprofundamento da anestesia e após eutanásia.

Os militares fizeram contato com funcionário da Prefeitura de Serra do Salitre, que disse que esta entidade municipal custearia os gastos com o animal.

Os militares destacam que uma guarnição da Polícia Rodoviária Estadual, comandada pela Tenente Adriana e tendo como integrantes Sargento Mário e Cabo Lucas apoiaram no local, onde realizaram controle de tráfego para o cruzamento dos animais de um lado da pista para o outro, conduzindo-os até a entrada de uma fazenda, onde foi realizado o procedimento no cavalo ferido na entrada de uma fazenda.

Os outros três cavalos saíram do local adentrando em uma fazenda nas imediações não sendo mais vistos.

Diligências foram feitas no intuito de localizar os tutores dos animais, sendo feito contato com algumas pessoas que apontaram um homem como sendo possível proprietário dos animais.

A Policia Rodoviária ressaltar que animais como estes são vistos diariamente sem qualquer cautela de seus tutores, soltos tanto na área urbana quanto nas rodovias que margeiam a cidade, o que sem dúvidas causa bastante perturbação a segurança do trânsito.

Fonte: Patrocínio Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.