CCZ de Sapiranga (RS) recebeu ajuda de voluntários para dar banho em cães

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Sapiranga recebeu uma bela ajuda na tarde desta quinta-feira, 30 de janeiro. Por meio de uma ação voluntária, quatro esteticistas caninas, que estão em período de férias, se prontificaram a ajudar no banho dos 60 cães que há no local. O espaço é mantido pela Administração Municipal, mas está aberto a ações de voluntários e doações de rações, jornais, cobertores e roupas.

A iniciativa foi da esteticista Denise Garcia da Silva, de 36 anos, que convidou outras três amigas para participar. “Em contato com a veterinária do CCZ, Simone Pillatti, soube da necessidade de ajuda para o banho, pois são muitos cachorros. Convidei outras três amigas que trabalham nesta área para ajudar. Também consegui doações de shampoo, toalhas e até laços e gravatinhas”, contou. A veterinária do CCZ, Simone Pillatti, frisa que a ajuda de voluntários é sempre bem-vinda. “Além das doações de jornais, roupas e de ajudas, o convívio com as pessoas para os cães é muito importante. Temos cães com trauma e muito medo de pessoas, chegam desconfiados e às vezes até agressivos devido aos maus tratos e abandono. Estamos trabalhando e buscando finais felizes para todos eles, por isso a ajuda de todos é importante. Quem tiver interesse basta entrar em contato diretamente conosco”.

CCZ: um lugar de amor e dedicação aos cães em Sapiranga

Animais que passam por maus-tratos, que se encontram em situação de vulnerabilidade ou com suspeita de alguma zoonose têm um local especial em Sapiranga: o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Mantido pela Prefeitura de Sapiranga, o local foi criado em 2004 e atualmente abriga 60 cães, alguns em tratamento devido a doenças e maus tratos e outros já recuperados aguardando uma adoção.

No CCZ, eles recebem tratamento de primeira: há área livre para cães que conseguem conviver em grupo, áreas cobertas e privativas para fêmeas com filhotes ou cães que precisam de atendimento diferenciado e ficam sob medicação, como a Nalla, que voltou para sua dona após três anos desaparecida. “A Nalla é uma boxer que tinha paralisia nas duas patas traseiras. Chegou aqui no CCZ sem conseguir caminhar. Fizemos todos os tipos de tratamento que estavam ao nosso alcance, até acupuntura, mas mesmo assim não conseguimos recuperar a movimentação das patas, pois a lesão na coluna foi grave”, contou Simone. Nalla foi reencontrada pela sua dona e ganhou, inclusive, cadeira de rodas.

O CCZ conta ainda com uma sala para atendimento médico dos animais, onde são feitos curativos, medicação e também castração. Os casos mais graves são acompanhados de forma mais detalhada (com registros de medicações) e isolados para evitar contaminações ou outros riscos.

Dê um final feliz a um cãozinho

Muitos cães lindos estão esperando por um querido tutor no CCZ. Quem tiver interesse em adotar pode entrar em contato pelos telefones 3959-1056 e 3959-1057. Um animalzinho quando abandonado fica em situação de vulnerabilidade, sofre. Quem adota, leva para casa não só um amigo, mas também grandes doses de amor.

Fonte: Prefeitura de Sapiranga

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.