Centro de Zoonose de Campina Grande (PB) implantará chips em animais a partir desta quinta

Centro de Zoonose de Campina Grande (PB) implantará chips em animais a partir desta quinta

A gerente de Vigilância Ambiental de Campina Grande, Rossandra Oliveira, explicou sobre o projeto de implantação de chips em animais utilizados em veículos de tração animal do município ressaltando que Campina Grande é a primeira cidade do país beneficiada com essa tecnologia.

Todas as informações sobre o tutor do animal estará em um banco de dados, que foi elaborado em parceria com a Escola Técnica Redentorista.

As carroças que trafegam na cidade serão emplacadas, menores de 18 são proibidos de conduzir o veículo, o peso ideal para aos animais carregarem nos veículos e o período de gestação do animal, segundo Rossandra, é necessário.

– Este projeto engloba Guarda Municipal, STTP e Centro de Zoonose porque por acaso alguém não fizer no período de chipagem vai ter que se deslocar ao Centro de Zoonose e fazer a chipagem do animal e emplacamento da carroça – falou.

A chipagem e o emplacamento das carroças para os trabalhadores do veículo de tração animal são gratuitos e poderá ser feito entre os dias 12 a 25 deste mês no Centro de Zoonose.

As informações foram veiculadas na Rádio Campina FM.

Fonte: Paraíba Online

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.