Centro de Zoonoses de Itu (SP) incentiva a adoção de animais abandonados

Centro de Zoonoses de Itu (SP) incentiva a adoção de animais abandonados
Zoonoses da região incentivam a adoção de animais abandonados — Foto: TV TEM/Reprodução

O Centro de Zoonoses de Itu (SP) está incentivando a adoção de animais abandonados. A unidade tem aproximadamente 170 cães e gatos para serem adotados. Todos eles estão prontos para encontrar uma família.

No local também está disponível a castração gratuita. O animal vai para casa vacinado, vermifugado e com microchip para identificação.

Zoonoses da região incentivam a adoção de animais abandonados. — Foto: TV TEM/Reprodução

A aposentada Maria Aparecida Marinho conta que recentemente perdeu uma cadelinha. Ela adotou a Carlota e contou que agora é só felicidade.

“Trouxe alegria para nós. Só alegria. Acabou com a tristeza que eu estava. Eu fiquei muito mal quando perdi minha outra cachorrinha. Ela chegou no dia seguinte e foi só alegria!”, diz.

Segundo o veterinário Sergio de Souza, é importante estar ciente da responsabilidade de adotar um animal.

“É importante que a pessoa tenha a consciência de que o animal, se for um cão, vai durar por volta de 15 anos”, explica.

Vídeo: Zoonoses da região incentivam a adoção de animais abandonados.

Em 2019, o número de adoções em Itu chegou a 648. Já em Sorocaba (SP), o número foi de 207. A Secretária de Saúde de Itu explicou como conseguiu aumentar o interesse da população em adotar.

“Nós realizamos mensalmente feiras de adoção em nossas praças públicas e no centro de zoonoses é possível adotar cães ou gatos.”

Zoonoses da região incentivam a adoção de animais abandonados. — Foto: TV TEM/Reprodução

Para adotar, é preciso ser maior de 18 anos, apresentar documento com foto, comprovar endereço no município e assinar o termo de posse responsável. A multa para quem abandona animais, de acordo com a lei municipal de Itu, é de mil reais.

O CCZ de Itu também realiza trabalhos clínicos e castrações gratuitas para famílias de baixa renda do município, mesmo que o animal não tenha sido adotado no local.

Zoonoses da região incentivam a adoção de animais abandonados. — Foto: TV TEM/Reprodução

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.