Centro de Zoonoses de Resende (RJ) bate recorde de castrações em setembro

Centro de Zoonoses de Resende (RJ) bate recorde de castrações em setembro
Foto: Divulgação

O número de castrações de cães e gatos, realizadas pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Resende/RJ, no sul do estado, bateu recorde, alcançando a marca de 235 procedimentos num único mês. A quantidade é quase cem a mais que a média mensal, que é de aproximadamente 150 cirurgias.

Além do recorde no número de procedimentos cirúrgicos, a distribuição de senhas para a realização de futuras cirurgias também ultrapassou as expectativas no mês do aniversário da cidade, chegando a 800 animais. As senhas foram entregues aos tutores dos pets durante a 51ª EXAPICOR.

Para manter os números positivos, alcançar a meta de manter o controle da natalidade e evitar o crescimento do índice de abandono de animais nas ruas, o CCZ conta com uma equipe de seis médicos veterinários. Quatro deles trabalham diretamente no atendimento dos pets, sendo um responsável pelas consultas clínicas, três pelas cirurgias de castração e outros dois que atuam na coordenação do canil e na coordenação geral da unidade.

Para o prefeito Diogo Balieiro, o desempenho obtido pelo Centro não só no mês de setembro, como ao longo de todo o ano, mostra a seriedade e o comprometimento com o qual o trabalho vem sendo realizado pela equipe do CCZ, desde o início da atual gestão.

– Conseguir alcançar a marca de 235 cirurgias em apenas um mês é uma grande vitória do nosso CCZ, que foi encontrado em janeiro de 2017 em estado precário, com diversos serviços suspensos. Apenas para ter uma ideia do que isso representa, basta dizer que durante todo o ano de 2016, durante a gestão anterior, o Centro fez apenas 125 procedimentos cirúrgicos – um número dez vezes menor do que conseguimos realizar em 2017, quando fizemos 1.203 cirurgias, apesar de todas as dificuldades encontradas. Este ano, graças ao empenho de toda a equipe, dos investimentos que fizemos na unidade, a maior prova disso é que, apenas no primeiro semestre, já realizamos mais de 1 mil  cirurgias e agora, no mês de setembro, ainda batemos este recorde, chegando a 235 procedimentos – destacou o prefeito.

Hospital Público Veterinário

A prefeitura informou que já concluiu o projeto de construção do Hospital Público Veterinário do município, que será implantado no bairro Morada da Colina, numa área próxima à sede da Sanear (Agência de Saneamento do Município).

Com um investimento orçado em pouco mais de R$ 876 mil, o projeto contempla uma estrutura composta por dois consultórios, duas salas de anestesia, duas salas de cirurgia, sala de raio-X, laboratório de análises clínicas, sala de internação, sala de recepção e dois banheiros, além de área de apoio com copa, depósito, área de serviço e dois depósitos destinados ao lixo produzido no local.

Por Jean Alves

Fonte: Sul Fluminense

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.