Centro de Zoonoses explica motivo da não retomada de castração de animais em Campina Grande, PB

Centro de Zoonoses explica motivo da não retomada de castração de animais em Campina Grande, PB
Foto: Codecom-CG / Arquivo

O coordenador do Centro de Zoonoses de Campina Grande, Marinaldo Lima, se pronunciou nesta terça-feira (13) sobre a suspensão do serviço de castração de animais no órgão.

Além disso, o representante do Fórum de Proteção e Bem Estar Animal da cidade, Rodrigo Freire, cobrou convênios sugeridos à Secretaria de Saúde do município para clínicas particulares realizarem o procedimento, que favorece para o controle populacional dos animais domésticos da cidade.

– O motivo de hoje o Centro de Zoonoses estar com as atividades de castrações paradas, obviamente agora no início de janeiro até o presente, é em virtude de uma reforma que o Centro estava precisando realizar com orientação do Conselho Regional de Medicina Veterinária. O que está hoje atrasando o início das castrações deste ano é justamente for falta de alguns equipamentos, que não estamos encontrando no comércio de Campina Grande – esclareceu.

Segundo Lima, os equipamentos são o sistema de provisão de oxigênio e ventilação para os animais, anestesia inalatória com ventilador mecânico e sistema de iluminação emergencial.

Fonte: Paraíba Online (as informações foram veiculadas na Rádio 101.1 FM.)

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.