Centro de Zoonoses faz campanha para adoção de animais resgatados em ruas no interior do AC — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Centro de Zoonoses faz campanha para adoção de animais resgatados em ruas no interior do AC

Para encontrar dono para 20 cães que foram resgatados nas ruas de Cruzeiro do Sul, o Centro de Zoonoses da segunda maior cidade do Acre está fazendo uma campanha para a adoção dos animais. Os cães estão internados no centro e podem ser adotados por qualquer pessoa.

A maioria é de machos com raça indefinida, mas há fêmeas e filhotes. O coordenador do Centro de Zoonoses, José Carlos Pereira explica que, para chegar ao momento da adoção, cada animal passou por um processo de quarentena.

“A médica faz a castração, tanto dos machos quanto das fêmeas. Aí nesse período de quarentena o cachorro passa por um tratamento contra verminoses, sardas e outras doenças para ficar saudável”, garante o coordenador.

De acordo com a direção, nesta quinta-feira (30), três animais foram adotados e a campanha não tem data para se encerrar.

“Qualquer animal desses pode ser adotado, mas não é de qualquer jeito. Tem que passar por um processo. A pessoa vem aqui e escolhe o cão que quiser e traz a identidade, o CPF e o comprovante de residência e sai daqui com o animal com carteira e tudo pronto para cuidar”, orienta Pereira.

Por Mazinho Rogério, G1 AC — Cruzeiro do Sul

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: Se o processo de adoção se resume ao relatado nesta matéria, que indica que os animais podem ser adotados “por qualquer pessoa” mediante mera apresentação de documentos, é bastante preocupante o destino dos bichos adotados. Um processo de adoção responsável não prescinde da avaliação do candidato por meio de uma detalhada entrevista e de ações que busquem qualificar dos tutores para receberem os animais.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.