Centro de Zoonoses na PB tem cinco vezes mais animais que capacidade

O Centro de Zoonoses de Campina Grande está com uma população de animais abrigados quase cinco vezes maior do que a sua capacidade. Nesta quinta-feira (12), 426 animais estão recolhidos no local, mas a capacidade máxima é de 90. Só nestes primeiros dias do ano, o Centro já recolheu 27 animais.

Entre os animais que está no local, são 176 cães, 148 gatos, 49 equinos, 47 jumentos e 6 burros. Em 2016, esse número era de 411 animais.

De acordo com a gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses, Rossandra Oliveira, o número segue crescendo mesmo que o de adoções também cresça. O problema, segundo ela, é que um não acompanha a velocidade do outro. Só em dezembro, por exemplo, mais de 60 cães foram adotados.

Rossandra avalia que a saída é promover campanhas de conscientização junto às pessoas e realizar ações de esterilização deste animais.

“A gente está fazendo a castração e buscando educar a população para adotar os animais e dar a eles muito amor e carinho. As pessoas precisam entender que os animais tem sentimentos também” explicou.

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: Exato. Sempre que falta uma das ações do tripé esterilização-adoção-educação, não se resolve a questão dos animais abandonados. Ideal é envover outras secretaria, como a de Educação, neste processo.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.