Centro de Zoonoses realiza mutirão de castração de animais em Rio Branco, AC

AC RioBranco castracao animais

A secretaria Municipal de Saúde – SEMSA, por meio do Centro de Zoonoses – CZ de Rio Branco, realizou no último sábado, 17, um mutirão de castração de cães e gatos. Durante todo o dia os veterinários do CZ, em parceria com os estagiários do curso de Medicina Veterinária da UFAC, castraram 30 cães e gatos. O objetivo, segundo o diretor do CZ, Everton Arruda, é diminuir a quantidade de animais de rua, “o que significa menos risco de doenças para as pessoas e menos possibilidade desses animais causarem acidentes de trânsito, por exemplo”, explica o diretor.

Outro mutirão de castração já está marcado para o dia 7 de novembro e o agendamento poderá ser feito a partir do dia 5 pelo telefone do Centro de Zoonoses, 3221 3561.

Quem levou os animais para castrar, ficou satisfeito com a possibilidade de fazer o procedimento de forma gratuita, como ressalta a jornalista Vanessa França, que levou a cadela Agatha para ser castrada. Ela explica que optou pelo procedimento porque a cadela, já com oito anos, corria o risco de desenvolver câncer e uma doença que ataca as mamas.  “Essa cirurgia custa mais de R$ 500 e com mais dois dias de internação, ficaria muito caro para mim. Aqui é seguro e de graça”.

Castrações diárias no CZ

Além dos mutirões aos sábados, o CZ também faz cirurgias de castração durante a semana. Diariamente a equipe do CZ realiza 13 cirurgias gratuitas de esterilização de bichos de pessoas da comunidade, que fazem o agendamento pelo telefone e também de animais levados por associações de proteção animal, que só doam os cães e gatos já castrados.

Essas associações protetoras de animais têm dia certo para as cirurgias, com direito à esterilização de cinco animais por vez. A presidente da Associação Resgata Animal, Adriana Souza, diz que as 20 castrações mensais são importantes para a entidade, que não poderia arcar com esse custo.  Graças à parceria com o CZ, ela garante a entrega dos animais para adoção devidamente esterilizados. “Temos que diminuir o ritmo de reprodução dos animais. A castração é importante para a saúde dos animais e das pessoas, que correm menos riscos de contrair zoonoses”.

Fonte: O Rio Branco

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.